segunda-feira, 31 de agosto de 2015

Hipótese, teoria e as leis...

- A hipótese é um conceito para explicar determinado fenômeno isolado, é uma alegação aceitável que consiste em um conhecimento anterior ou em uma observação. Então, hipótese é basicamente uma conjectura de um argumento específico. 
As hipótese são comprovadas e refutadas o tempo todo, e as vezes evoluem para uma teoria séria e coerente.

- A teoria, é uma concepção de ideias e conhecimentos de algo muito em particular, onde se explica fenômenos mais extensos da natureza, com muitas evidências, onde se formam um conjunto de leis e hipóteses. Um exemplo é Teoria da Relatividade.
A teoria é uma das bases da ciência, que é totalmente aceita pela comunidade científica, onde a toma por verdade.

- As leis, relatam o curso natural, enquanto teorias as explicam, as leis nunca podem ser apresentar estar erradas e são aceitas como sendo universais e são os pilares da ciência moderna.
As leis, são coisas que ocorrem na natureza com uma certa norma que se repete e que podem ser expostas através da matemática em cálculos sucintos. Um exemplo é a Lei da Gravidade.


                  “A ignorância afirma ou nega veementemente. A ciência duvida” (Voltaire)

Fonte:
http://hypescience.com
https://br.yahoo.com
https://pt.wikipedia.org

domingo, 30 de agosto de 2015

Stephen Hawking, e o buraco negro...

Em uma entrevista coletiva em Estocolmo, na Suécia, o físico britânico Stephen Hawking, disse, "Se cair em um buraco negro, não se renda" continuou... "Há uma saída".

Segundo Stephen Hawking, diz que viajantes espaciais poderiam terminar em outro universo, se "caíssem" em um buraco negro.

Stephen Hawking, afirmou mesmo que se o buraco negro fosse suficiente grande e estivesse girando, poderia ter uma passagem a um universo alternativo.

Ele cogita que as matérias devem terminar acumulando após as fronteiras de um buraco negro, área chamada de horizonte dos ventos. Hipoteticamente é o limite onde nenhuma molécula consegue sair, até mesmo a luz.

Ele confirmou que o buraco negro não seria um abismo tão escuro, como se tem ideia; o físico apontou, que os seres humanos não sumiriam se "caíssem" em um buraco negro, e sim poderiam ficar em uma forma de "holograma" na proximidade, ou "cairiam em outro lugar",

Um buraco negro é uma imensa região gravitacional, na qual nada, nem mesmo moléculas que se movem na velocidade da luz, conseguem escapar. O fenômeno é causado após o colapso de uma estrela, e seus restos dão lugar a ele.

No ano de 1974, Stephen Hawking, relatou que os buracos negros emitiam radiações, no decorrer do tempo, essa teoria era chamada de "radiação de Hawking", a radiação térmica que se acredita ser emitida por buracos negros devido a efeitos quânticos, e nessa caso as matérias iriam evaporar, encolher, e enfim, iriam desaparecer.

Mas o físico britânico Hawking, no ano de 2004, anunciou o seu novo estudo sobre os buracos negros, sendo que dessa vez, para a surpresa geral, esse estudo traz que certas radiações escapam, e sendo assim, a ideia de um abismo escuro e tudo que é atraído por ele se acaba, deve ser mais avaliado sobre os limites do buraco negro.

Barreira anti-fogo:

John Polchinski e outros físicos no ano de 2012, alegaram que o horizonte de eventos se converte em uma barreira anti-fogo, capaz de incinerar tudo o que passa por ela.
Como a diferença da gravidade entre os pés e a cabeça e uma pessoa aumentaria cada vez mais ao se aproximar de um buraco negro, e se partiria em dois, logo uma atração conhecida como força da maré iria fazer com que cada átomo, células, e moléculas do seu corpo se perdessem.

Essa teoria barreira anti-fogo não foi tão bem aceita pelos cientistas, pois deixaria o "princípio de equivalência", frágil, pois, é uma das "leis" bem apreciada pelos físicos.

Segundo a teoria de Albert Einstein, que é um dos" princípios da relatividade", se uma pessoa que cruzasse o horizonte de eventos não deveria sofrer nenhuma alteração, ela apenas flutuaria no espaço.

Para saber como realmente é um buraco negro, só indo até ele, viajar no seu interior.

“Depois de entrar em um buraco negro... Não poderia voltar ao nosso universo, de modo que, ainda que esteja interessado em viajar ao espaço, não vou tentar”, assegurou Stephen Hawking.


Hologramas:
São registos de objetos que quando iluminados de forma conveniente permitem a observação dos objetos que lhe deram origem. Os hologramas registam também a fase da radiação luminosa proveniente do objeto. Nesta fase está contida a informação sobre a posição relativa de cada ponto do objeto iluminado, permitindo registrar ou apresentar imagens em três dimensões.

É utilizada pela física como uma sofisticada técnica fotográfica, de análise de materiais ou de armazenamento de dados.

O termo é muito usado em Grupos Holísticos à relacionar a forma como certas energias ou entidades se apresentam ao mundo terreno.

Princípio de equivalência:

A origem deste princípio é a igualdade entre as massas inercial e gravitacional, na mecânica clássica.

Este princípio, firma que a aceleração de um dado referencial mimetiza-se neste referencial como a ação de um campo gravitacional uniforme de igual valor e sentido contrário (ou vice-versa).

Fonte:
https://pt.wikipedia.org
http://www.bbc.com/portuguese

Tétrade de eclipses e os eclipses lunares...

A Tétrade de eclipses lunares, é um fenômeno raro, e é chamado assim, quando 4 eclipses lunares totais ocorrem consecutivamente, em intervalos de aproximadamente 6 meses, geralmente as pessoas conhecem mais esse evento por quatro Luas de Sangue.

Entenda a Tétrade pelas datas:

Em 15 de abril de 2014, foi o primeiro, depois em 08 de outubro de 2014, foi o segundo, e em 4 de abril de 2015, teve o terceiro, e para finalizar a Tétrade de eclipses, em 27 de setembro de 2015, ocorrerá o último eclipse lunar.

As últimas datas anteriores, que aconteceram a Tétrade de eclipses, foram 2003 e 2004. e nesse século, serão somente mais 7 séries iguais a essas.

Tétrade (definição): Algo composto de quatro partes.

Normalmente, os eclipses lunares ocorrem 2 vezes por ano, mas nem todos eles são total, há 3 tipos de eclipses, que são:

- eclipse penumbral , é quando a Lua cruza somente o cone da penumbra da Terra, é tão imperceptível, que muitas vezes não se percebe que um eclipse está acontecendo. 

- eclipse parcial, é quando a Lua cruza parcialmente o cone da sombra da Terra, e somente uma parte da Lua é obscurecida.

- eclipse total, é quando a Lua penetra completamente no cone da sombra da Terra, e sendo assim, a Lua se torna com aparência avermelhada.

Então no dia 27 de setembro de 2015, às 21h12 (horário de Brasília), vai ocorrer o último Tétrade de eclipses, desse período. 

*Leia no Blog ZM., sobre esse eclipse lunar.  
http://postagenszm.blogspot.com.br/2015/08/eclipse-lunar-total-vai-ser-em-27-de.html

Fonte:
http://postagenszm.blogspot.com.br
http://www.vercalendario.info
https://pt.wikipedia.org

sábado, 29 de agosto de 2015

Fotos da superlua...

29/08/2015 - Superlua








Raios Cósmicos Galácticos...

São partículas derivadas de explosões de supernovas e outros eventos de alta energia que acontecem fora do sistema solar, as partículas extremamente penetrantes, dotadas de alta energia, que se deslocam a velocidades próximas a da luz no espaço sideral. Sendo assim, os raios cósmicos galáticos (GCR), não são raios, mas partículas de átomos.

 Estas partículas de alto índice de energia, consistem em essencialmente todos os elementos que varia a partir de hidrogênio, representando cerca de 89% do espectro GCR, para urânio, que é encontrado somente em uma pequena quantidade, ou seja,  somente vestígios.

Os raios cósmicos galácticos, move-se em uma trajetória aleatórias, sendo assim, não há possibilidade alguma de precisar a sua origem por meios diretos.

No nosso planeta:

As partículas ao entrarem na Terra, se impactam com os núcleos dos átomos da atmosfera, aproximadamente 10 mil metros acima da superfície do planeta, e dão origem a outras partículas, formando uma “chuva” de partículas com menos energia, os chamados “raios” cósmicos secundários.

O número de partículas que chegam ao nível do mar, em média, é de uma partícula por segundo em cada centímetro quadrado.

Os raios cósmicos secundários não são prejudicial à vida terrestre. 

No espaço:

Os raios cósmicos primários representam perigo aos astronautas no espaço, pois têem a facilidade de atravessarem e pararem o sistema de satélite e algumas vezes  podem depositar energia suficiente, causando erros ou danos em eletrônica e sistemas da nave espacial.

Então, o raios cósmico primário é que estão no espaço e o secundário é os que entram na Terra.

Iniciou:

A descoberta dos raios cósmicos, é conferida a Victor Hess, foi um físico austríaco-norte-americano, que por meio de experiências com balões, percebeu que o fluxo de radiação ionizante, até então agregada a radioatividade de ambiente do solo, se intensificava com o aumento da altitude. Isso o levou ao desenlace de que provavelmente a fonte desta radiação origina-se fora do nosso planeta. Deu a ela o nome de “raios cósmicos”,  como são conhecidos até hoje, e recebeu o prêmio Nobel de Física em 1936 por essa descoberta.
Desde então, uma nova era iniciou se para a física das partículas e para a física espacial.

Fonte:
https://pt.wikipedia.org
http://www.swpc.noaa.gov
http://www.sbfisica.org.br

sexta-feira, 28 de agosto de 2015

Superlua no sábado...

Amanhã, dia 29 de agosto de 2015, vamos ter uma superlua, é um fenômeno que dá a sensação que a Lua está maior, isso é devido por ela estar mais próxima da Terra, e aparentará mais brilhante.

Ocorre a superlua, quando a lua está cheia, e se situa a não mais de 10% seu ponto mais próximo da Terra no percurso da sua órbita (o perigeu), e isso acontece devido a órbita lunar ser elíptica (oval).

No dia 28 de setembro e 27 de outubro, haverá a superlua, mas o dia mais propício para observar a surperlua, será no dia 28 de setembro, pois a diferença entre a lua cheia e o perigeu, será somente de 66 minutos.

Para melhor observação, as primeiras horas da noite será o ideal, porque é quando a Lua está mais próxima do horizonte, isso faz com que a ilusão de ótica dará à ela um tamanho maior, isso ainda não tem uma explicação científica.



quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Frases...

"Quem não admite o insondável mistério, não pode ser mesmo um cientista". (Albert Einstein)


“A ausência da evidência não significa evidência da ausência".
(Carl Sagan)


quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Aglomerados estelares...

São grupos de estrelas que se mantém juntas, porque compartilham a mesma atração gravitacional. ou seja são gravitacionalmente ligadas.

Um aglomerado estelar, originaram-se da mesma nuvem de gás, sendo assim, todas as estrelas tem a mesma idade, a mesma composição química, e tem aproximadamente a mesma distância.

São classificados em dois tipos:

- Aglomerados abertos: grupos de estrelas formados a partir de uma mesma nuvem molecular, sem estrutura e em geral de forma irregular e englobam centenas de estrelas. E também é chamado por aglomerados galácticos, pois se podem encontrar por todo o plano galáctico (plano situado no meio da área denominada de disco galáctico, onde se encontram a maior parte das estrelas de uma galáxia com forma aplanada, como galáxias espirais. Este plano passa pelo centro de massas da galáxia).

- Aglomerados globulares: um tipo de aglomerado estelar cujo formato aparente é esférico e cujo interior é muito denso e rico em estrelas antigas, podendo, inclusive, ter até um milhão de estrelas, mantidas juntas pela ação da gravidade.

Fonte:
http://www.if.ufrgs.br
http://each.uspnet.usp.br
https://pt.wikipedia.org

terça-feira, 25 de agosto de 2015

O Sol e suas radiações...

Ontem, dia 24 de agosto de 2015, o Sol emitiu  uma labareda solar de nível médio, atingindo um máximo de 03:33 EDT (Eastern Daylight Time). O Solar Dynamics Observatory da Nasa, que observa o sol constantemente, capturou uma imagem desse acontecimento.

As labaredas solares são poderosas rajadas de radiação. A radiação nociva de um alargamento não pode passar através da atmosfera da Terra para afetar fisicamente os seres humanos na terra, no entanto, quando intensa o suficiente, elas podem causar transtorno, em viagens onde se usa os sinais de GPS e comunicações na camada da atmosfera.

Este alargamento é classificado como uma classe de alargamento M 5.6. Flares de classe M, são um décimo do tamanho dos flares mais intensos, as chamas de classe X. O número fornece mais informações sobre a sua força. Um M2 é duas vezes mais intensa como M1, um M3 é três vezes mais intensa, e assim por diante.


Para ver como este evento pode afetar a Terra, visite Centro de Previsão do Clima Espacial da NOAA em http://spaceweather.gov, fonte oficial do governo os EUA, para previsões meteorológicas, espaço, alertas, relógios e avisos.

Flares:
São acontecimentos de explosões, que estouram próximo das manchas solares, que podem durar minutos ou horas. liberando energias. Isso acontece porque a energia acumulada é liberada repentinamente nos campos magnéticos, uma explosão equivale  a 10 milhões de erupção vulcânicas, e é desprendido inúmeras radiações, assim como raios gama, ondas rádio e raio-x.

Simplificando, pode se dizer que flares solares, são clarões originados pelas explosões solares; e tudo que ocasiona um brilho imediato, pode ser chamado de Flare.


Fonte:
http://www.nasa.gov
https://br.yahoo.com
http://www.msn.com

domingo, 23 de agosto de 2015

Ariane 5 rumo ao espaço...

No dia 20 de agosto de 2015, em Kourou, na Guiana Francesa, o foguete europeu, Ariane 5, foi lançado com sucesso para o espaço, abordo havia dois satélites de telecomunicações.

Um satélite, é o Intelsat 34, construído pela SSL (Space Systems Loral) para a Intelsat, fornecerá soluções de conexão para meios de comunicação, para a banda larga e a telefonia móvel, bem como para aplicações empresariais, governamentais e militares.

O outro satélite, é o Eutelsat 8 West B, construído pela Thales Alenia Space para a empresa Eutelsat, oferecerá serviços de TV direta em alta definição e ultra definição ao norte da África e o Oriente Médio, além de serviços de telecomunicações no continente africano e na parte leste da América do Sul.

O lançamento foi um grande sucesso!

Fonte:
https://br.noticias.yahoo.com
https://ariane.cnes.fr

Imagem captada por satélite Plêiades ...

A imagem abaixo, capturada por um de dois satélites na Pleiades 694 km de altitude,  se trata do atol Rangiroa (céu imenso ou vasto céu, em paumotu), do arquipélago de Tuamotu, na Polinésia Francesa. O arquipélago de Tuamotu, tem 76 atóis.



Rangiroa, tem sua localização a noroeste do arquipélago, a 350 km do Taiti, é o segundo maior atol do mundo, com uma superfície total de 1640 km², e uma lagoa de 78 km de largura com uma profundidade entre 20 e 35 m. O recife é composto por 240 ilhéus separados por mais de 100 pequenos canais que formam um recife de coral, um pouco menos de 300 m de largura e se estende por 200 km.


Satélite Plêiades:

Plêiades 1A e Plêiades 1B, operam em constelação na mesma órbita, distanciados 180° um do outro.
Os satélites gêmeos coletam imagens ópticas de alta resolução em tempo recorde e capaz de fornecer imagens de qualquer ponto do globo em 24 horas. Eles formam um sistema de imagem espacial com muito alta resolução. Seus produtos são aplicáveis à cartografia em escalas detalhadas, tanto para uso civil quanto militar.
Plêiades 1A, foi lançado através de um russo Soyuz STA foguete fora do Centro Espacial da Guiana, em Kourou, Guiana Francesa, em 17 de dezembro de 2011, 02:03 UTC.

Plêiades 1B, foi lançado através de um russo Soyuz STA foguete fora do Centro Espacial da Guiana, em Kourou, Guiana Francesa, em 2 de Dezembro de 2012, 02:02 UTC.

O programa Pleiades surgiu a partir de demandas de usuários da missão SPOT e foi iniciado pela França e Itália, no Centre National d'Etudes Spatiales (CNES), Centro Nacional de Estudos Espaciais. Foi construído por empresa privada para a Agência Espacial Francesa.

*As imagens SPOT possuem aplicações nas mais diversas áreas científicas e comerciais, no monitoramento de fenômenos e recursos naturais, acompanhamento do uso agrícola das terras, apoio ao monitoramento e definição de áreas de preservação, atualização de mapas e cartas, entre outros.

Fonte:
https://cnes.fr
http://www.sat.cnpm.embrapa.br
https://en.wikipedia.org
https://translate.google.com.br

Livro egípcio antigo pode ser um oráculo...

O livro com 37 capítulos, de aproximadamente 1500 anos, está escrito em copta, uma língua egípcia, dá a entender que ele era usado para pressentir o futuro.

O proprietário do livro naquela época, deveria ser um adivinho, que decifrava o texto, ou poderia ter sido uma pessoa que o usava o livro como uma condição de autoajuda.


O livro parece com um evangelho nas suas escritas, mas ele é diferente, pois Anne Marie Luijendijk, professora de Religião na Universidade de Princeton, (EUA), que o decifrou, em uma tradução aproximada, relatou, “Quando comecei a decifrar o manuscrito e encontrei a palavra ‘evangelho’ na linha de abertura, eu esperava ler uma narrativa sobre a vida e a morte de Jesus, assim como os evangelhos canônicos ou uma coleção de ditos semelhante ao Evangelho de Tomé (um texto não canônico)”, mas no livro quase não mencionava Jesus.

O capítulo 7, por exemplo, diz “Você sabe, ser humano, que você fez o seu melhor novamente. Você não ganha nada a não ser perda, disputa e guerra. Mas, se você for um pouco paciente, a situação vai prosperar através do Deus de Abraão, Isaque e Jacó”.

Já no capítulo 34 está escrito, “Vá em frente imediatamente. Isso é uma coisa de Deus. Você sabe disso, eis que por muitos dias vem sofrendo muito. Mas isso não é de nenhum interesse para você, porque você chegou ao refúgio da vitória”. 

O livro se destina no seu conteúdo inteiro, a encontrar uma perspectiva positiva na vida, mostrando maneiras de enfrentar momentos difíceis, sofrimento e violência.

Atualmente o proprietário do livro, é o Museu Sackler, da Universidade de Harvard (EUA), ele foi uma doação de Beatrice Kelekian, que era esposa de Charles Dikran Kelekian (marido falecido), antigo proprietário do livro, que era filho de Dikran Kelekian (1868-1951), um influente comerciante de antiguidades coptas.

Os especialistas creem que o oráculo era de um adivinho que efetuava suas interpretações, no Santuário de São Colluthus, no Egito, onde já foram encontrados textos com perguntas escritas coim características ao  método de vidência. 

O livro é compacto, e cabe na palma da mão, seguramente para ajudar a ser escondido, quando fosse preciso, pois adivinhação não era bem vista pelos membros da Igreja, inclusive passível de condenações, segundo a professora Anne Marie.

Segundo análises realizadas no livro, encontraram muitas impressões digitais antigas visíveis nas margens. “O manuscrito foi claramente muito manuseado”, finalizou Anne Luijendijk.

Fonte:
http://www.livescience.com
https://translate.google.com.br

sábado, 22 de agosto de 2015

Sistema intenso na Via Láctea...

A imagem abaixo, mostra a potente sobra de estrelas mortas, e a forte influência sobre o gás ao redor.
                                  Visão de raios-X do Centro Galáctico

O XMM-Newton, observatório de raios-X, da Agência Espacial Européia (ESA),  mostra evidencias de um sistema mais intenso que acontece no meio de nossa galáxia, a Via Láctea.

O pontos que se destacam brilhantes na imagem, são sistemas estelares binários, quando a estrela chega no seu fim da sua vida, onde progride para corpo estelar condensado, uma estrela de nêutrons ou um buraco negro. Devido as altas consistências, essas sobras condensadas, devoram a massa de uma estrela companheira, esquentando o material para cima e efetuando o brilho em raio-x.

No meio de nossa galáxia, também possui estrela jovens e aglomerados estelares, são visíveis na imagem, são os pontos brancos ou vermelhos.

A movimentação que ocorre no meio, na maioria é quando as nuvens difusas de gás estão sendo moldadas por fortes ventos de estrelas jovens, assim como as supernovas, e também a morte das estrelas massivas.

Também responsável por essa movimentação, é o buraco negro massivo (Sagitário A), situado no centro da galáxia. A direita no centro da imagem, com um ponto difuso e brilhante. Ele possui uma massa milhões de vezes maior que o Sol.

O buraco negro não emite luz, tendo assim, a grande atração gravitacional, mas há matérias e dois lóbulos com o gás que está ao redor, emite luz com diversos comprimentos de ondas, principalmente em raio-x,

É acreditado pelos astrônomos, que o buraco negro gera os lóbulos, pois ele engole parte da matéria que o circula, mas devolve a maior parte, devido os fortes ventos estelares e explosões de supernovas que se acumulam no ambiente.

Nessa outra imagem abaixo, o centro energético da Via Láctea, sendo um mês e meio observado, com muito estudos e análises com monitoramento total através do  XMM-Newton, observatório de raios-X, da ESA.

      O Centro Galáctico através da emissão de elementos pesados

A grande estrutura de forma espiral (elíptico) no canto inferior direito do Sagitário A (buraco negro massivo), é uma supre-bolha de ar quente, possivelmente aumentado por restos de supernovas no seu núcleo, apesar de antes já tinha sido localizada esta estrutura, estudo agora comprovaram pela primeira vez, que esta estrutura é formada por uma única bolha.

Uma outra grande bolha de gás quente, chamada de Bolha Arc, por ter um aspécto de lua crescente, localizada no centro da imagem, no canto inferior esquerdo do Sagitário A. Ela está sendo volumosa devido aos fortes ventos estelares, de um aglomerado estelar, na proximidade, de supernovas, o resto de algumas explosões, e um pulsar de vento de uma candidata a nebulosa, foi percebido no centro da bolha.

Os dados reunidos nesse estudo, que envolve toda gama de energia, descoberto pelo XMM-Newton, observatório de raios-X, da ESA, incorporam alguma energias semelhante a luz emitida por componentes pesados, como, silício, enxofre e árgon, que são gerados sobretudo nas supernovas.
Com todos essas dados reunidos, astrônomos tiveram um outro olhar, mais acrescentado do Centro Galáctico, do que informados anteriormente, como lóbulos e bolhas.

Este plasma quente embora muito fraco (parte superior da imagem) pode ser o efeito macroscópico de uma aglomeração de saídas criadas pela formação de estrelas ao longo desta zona central inteira.

As nuvens difusas de plasma quente poderia ser um legado da sua atividade antiga. Porque se acredita, que devido grande movimento  no passado do buraco negro massivo (Sagitário A), não há muita atividade agora.

Fonte:
http://www.esa.int - Reprodução / Imagem e Dados
https://translate.google.com.br

A Terra vai continuar como é em setembro...

Ainda circula na internet que a Terra vai ser atingida por uma colisão de asteroide, entre os dias 15 de setembro e 28 de setembro perto de Puerto Rico, causando destruição para as costas do Atlântico e do Golfo dos Estados Unidos e México, bem como Central e América do Sul.

Como essa previsão apocalíptica, causa terror em algumas pessoas, então segue o que a Nasa diz a respeito.

Segundo a Nasa, a chance de isso acontecer com qualquer um asteroide conhecido, é menos de um a cada 10 mil, até o próximo século.

O gerente do escritório Objeto Near-Earth no Jet Propulsion Laboratory (JPL), da Nasa, em Pasadena, na Califórnia (EUA), Paul Chodas, disse, "Não há base científica, e nenhum traço de evidência, que um asteroide ou qualquer outro objeto celeste terá impacto sobre a Terra nessas datas",
continuou... "Se houvesse qualquer objeto grande o suficiente para fazer esse tipo de destruição em setembro, agora já estaríamos avistando ele", afirmou.

Fonte:
http://www.jpl.nasa.gov
https://translate.google.com.br

sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Um avião espacial reutilizável ...

Devido um custo muito alto (cerca de US$ 50 milhões) para levar ao espaço uma nave cargueira e também uma tripulação de astronautas, está em processo de formação, uma inovação que um dia ajudará a ida e volta do espaço, com um valor mais baixo e provavelmente com acesso mais fácil para as pessoas.

A inovação, é o XS-1, se trata de um avião espacial reutilizável, que pode ir e voltar do espaço, várias vezes.

Segundo a DARPA - Defense Advanced Research Projects Agency (Agência de Projetos de Pesquisa Avançada de Defesa), o programa de XS-1, tem o propósito de inventar uma avião que possa ir pelo menos 10 vezes em 10 dias ao espaço, por um valor de somente US$ 5 milhões cada.

Além de fazer várias viagens e com preço baixo, há também o desafio de fazer esse avião espacial com mesmo tamanho e peso de um jato corporativo e com a capacidade de voar a March 10 (a velocidade de um objeto em movimento através do ar, dividido pela velocidade do som. é geralmente usado para representar a velocidade de um objeto quando ele está viajando próximo ou acima da velocidade do som).

O lançamento de um avião reutilizável, tem como base a tecnologia já existente do programa de ônibus espaciais da NASA e o super-secreto X-37B da Força Aérea.
A DARPA informou que três consórcios aeroespaciais receberia US $ 6,5 milhões em financiamento de cada (total de quase US $ 20 milhões), para seguir em diante com a segunda etapa da concepção do avião espacial.

O três consórcios:

- consórcio de Boeing e Blue Origin (empresa de Jeff Bezos)

- consórcio de Northrop Grumman, a Virgin Galactic (empresa de Richard Branson) e Scaled Composites (empresa de Burt Rutan)

- consórcio Masten Space Systems Ciência e XCOR Aerospace

De acordo com a criação dos desenhos iniciais dos três consócios, a semelhança com o ônibus espacial, mas atualizado tecnologicamente, e acrescido de um sistema de propulsão hipersônico.

Fonte:
http://www.washingtonpost.com
https://www.youtube.com
http://www.darpa.mil
https://pt.wikipedia.org
https://translate.google.com.br

quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Missão InSight, estudando em Marte, suas profundezas...

Missão InSight, em inglês, (Interior Exploração usando sísmicos Investigações, Geodésia e transporte de calor), da Nasa.

A missão InSight, tem por objetivo colocar uma lander equipada com um sismógrafo e um fluxo de calor que vai pesquisar sobre a evolução dos planetas interiores ou terrestres (Mercúrio, Vénus, Terra e Marte).

A sonda deverá enviar dados sobre a formação de Marte e também sobre como a atividade tectônica e crateras feitas por colisões de meteoros no planeta vermelho. 

Então, teremos mais entendimento sobre os processos que deram formas aos planetas rochosos do Sistema Solar interno (Mercúrio, Vénus, Terra e Marte) mais de quatro bilião anos atrás.

Utilizando instrumentos geofísicos de última geração, InSight vai executar um estudo profundo sob a superfície de Marte, revelar os processos que o planeta passou em sua formação terrestres (o mesmo que a Terra), bem como medir sua sismologia, sonda de calor de fluxo, e rastreamento de precisão.

InSight, vai procurar saber como se forma um planeta terrestre, que é uma grande questão da ciência, e também o que pode ser achado em Marte, muito abaixo da sua superfície, ou seja, no seu interior mais profundo.

InSight vai ser lançada na Base da Força Aérea Vandenberg, na Califórnia (EUA), no mês de março de 2016, e depois de seis meses, chegará em Marte, no dia 28 de setembro de 2016.

Se você quiser, a Nasa oferece a você, a oportunidade de colocar seu nome em um microchip, que será levado nessa missão abordo da sonda InSight, para o planeta Marte.

Acesse o linkhttp://go.usa.gov/3Aj3G

Fonte:
http://www.nasa.gov

quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Estação Concordia e a beleza da Aurora...

A tripulação da Estação Concordia (Concordia Research Station), na Antártida, está a 13 anos, sem seus familiares, pois com o inverno, não tem como entrar ou sair de lá, não há aeronaves ou veículos terrestres  que conseguem chegar à estação, as temperaturas caem para -80°C e o sol não sobe acima do horizonte por 100 dias. 

Concordia é de interesse para a Agêcia Espacial Européia (ESA), porque tem as condições semelhantes às vividas pelos astronautas durante voos espaciais de longa duração. 

A ESA, patrocina uma médica, Dra. Beth Healey que executa pesquisa para futuras missões espaciais.

A França e a Itália, são administradoras da Estação Concordia.

É frio, escuro e seco, e isolado com muito pouco oxigênio para respirar o ar, e foi construída à uma altitude de 3.233 m, num local designado por Dome C, que fica numa colina, um lugar muito bom para pesquisas, e apresenta as condições ideais para um verdadeiro observatório.

A França e a Itália, são administradoras da Estação Concordia.

A atmosfera do Domo C é pouco turbulenta e muito transparente, seu ar muito seco, sua temperatura extremadamente baixa e não há correntes atmosféricas a grande altitude.

Mas a aurora austral, fez do local, um lugar ainda mais encantador com suas cores iluminadas, que foi bem registrado nessa imagem logo a baixo.



Auroras aparecem quando a radiação do Sol interage com a atmosfera e quase todos os planetas do Sistema Solar tem auroras de algum tipo.


Fonte:
http://www.esa.int
http://g1.globo.com
https://pt.wikipedia.org

Dia do Historiador...

O dia 19 de agosto, foi escolhido em homenagem ao nascimento de Joaquim Nabuco, nasceu no Recife, PE, em 19 de agosto de 1849,e faleceu em Washington, EUA, em 17 de janeiro de 1910, ele foi político, diplomata, advogado e escritor brasileiro, orador e memorialista durante o Império.

Ele nasceu em uma família de escravocrata, mas era contra a escravidão, na maioria dos seus escrito criticava a escravidão.

No ano de 1878, eleito Deputado Geral da Província, pelo Partido Liberal, e fez seu primeiro discurso na Câmara, e durante toda sua campanha eleitoral, Nabuco condenava a estrutura escravocrata do Brasil. Defendia a emancipação imediata dos escravos.

Compareceu às sessões preliminares de instalação da Academia Brasileira, fundador da cadeira nº 27, que tem como patrono Maciel Monteiro. Designado secretário-geral da Instituição na sessão de 28 de janeiro de 1897, exerceu o cargo até 1899 e de 1908 a 1910.

                      "Não basta acabar com a escravidão. É preciso destruir a sua obra".

A lei:

LEI Nº 12.130, DE 17 DE DEZEMBRO DE 2009.

Institui o Dia Nacional do Historiador, a ser celebrado anualmente no dia 19 de agosto.
O VICE–PRESIDENTE DA REPÚBLICA, no exercício do cargo de PRESIDENTE DA REPÚBLICA. Faço saber que o Congresso Nacional decreta e eu sanciono a seguinte Lei:
Art. 1o É instituído o Dia Nacional do Historiador, a ser celebrado anualmente no dia 19 de agosto.
Art. 2o Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

Fonte:
http://www.revistadehistoria.com.br
http://www.e-biografias.net
http://www.academia.org.br

Scott Kelly e a Aurora...

O astronauta Scott Kelly, que está na Estação Espacial Internacional (EEI), fotografou uma  bela imagem da aurora boreal, e compartilhou com seus seguidores, via Twitter no dia 15 de agosto de 2015 com a seguinte frase, "#Aurora à direita um véu colorido sobre a terra esta manhã. Bom dia de @space_station! #YearInSpace".


Aurora Polar, é um fenômeno óptico que ocorre nas regiões polares, composto de brilho na forma de luzes coloridas no céu noturno, em decorrentes de impactos de partículas de ventos solares, com a alta atmosfera da Terra, canalizada pelo campo magnético terrestre.

* Ler no Blog ZM., sobre aurora boreal:  http://postagenszm.blogspot.com.br/search?q=Aurora+Boreal

Fonte:
http://www.nasa.gov
http://postagenszm.blogspot.com.br
https://twitter.com

terça-feira, 18 de agosto de 2015

Um raro fenômeno no céu da praia...

Os banhistas que estavam curtindo uma praia na Carolina do Sul (EUA),  viram no céu, um fenômeno meteorológico conhecido como arco-íris de fogo.

Se trata de um raro fenômeno que tem seu nome cientifico como arco circum-horizontal, que é um halo de gelo formado por cristais em nuvens chamadas cirrus (nuvens semelhantes que se formam na troposfera, uma altura de 10 mil metros e temperatura ambiente inferior a 0ºC).


Para acontecer esse raro fenômeno, o Sol precisa estar em um ângulo preciso para dar o efeito de prisma, assim faz a decomposição da luz solar, gerando imagem que representa o arco-íris, e a posição do Sol, deve ser em uma altitude de 58º sobre o horizonte.

Fonte:
http://g1.globo.com
https://pt.wikipedia.org

Edgar Mitchell, falou sobre alienígenas querendo a paz...

O astronauta Edgar Mitchell, que estava na missão Apollo 14, no ano de 1971, falou em uma entrevista com Mirror Online, sobre alienígenas que vieram a Terra para apaziguar e evitar uma guerra nuclear entre EUA e a Rússia.

Ele falou sobre sua crença em extraterrestres. Ele é uma das pessoas mais notáveis na comunidade mundial da ufologia.

Segundo o astronauta, militares informaram que avistaram objetos estranhos que voavam  sobre as bases de mísseis da academia White Sands (EUA), onde foi testada a primeira bomba atômica, no mês de julho de 1945.


Edgar Mitchell disse ao Mirror Online, "White Sands foi um campo de testes para armas atômicas, e é isso que os extraterrestres estavam interessados. Eles queriam saber sobre as nossas capacidades militares", e continuou...

"Minha própria experiência conversando com as pessoas, ficou claro que os alienígenas estavam tentando nos impedir de ir para a guerra e ajudar a criar a paz na Terra".

O astronauta também insinuou que ouviu histórias parecidas de pessoas que tripulavam as bases de mísseis durante os períodos mais tensos do século 20.

Também contou que muitos oficiais das forças aéreas que trabalhavam nos grandes depósitos de mísseis, durante a guerra fria, falaram que viram muitas vezes UFOs em cima e desativando os mísseis e outros oficias que estavam nas bases da costa do Pacífico, relataram que muitos mísseis foram derrubados por naves alienígenas.

"Havia um monte de atividade naqueles dias."

O Mirror Online, perguntou ao ex-Ministério da Defesa do Reino Unido, e pesquisador de UFO, se ele acreditava nas palavras de Edgar Mitchell, e ele respondeu:

"Edgar Mitchell é um homem honrado e verdadeiro, que eu tive o privilégio de conhecer", continuou...

"Mas tanto quanto eu estou ciente, a maioria das suas informações sobre este problema não vem de coisas que ele experimentou por si mesmo, mas a partir de coisas que foram ditas a ele", ponderou...

"Claramente, por causa de quem ele é, é considerado a ele, acesso a funcionários do governo, militares e comunidade de inteligência ao mais alto nível, e é muito compreensível ele não citar suas fontes, mas não podemos ter certeza  se essas pessoas estavam sendo retas com ele, ou mesmo que eles estavam a par de qualquer informação classificada sobre UFOs ".

O astronauta:

Edgar Dean Mitchell é um astronauta, engenheiro e piloto norte-americano, o sexto homem a pisar na Lua, como piloto do módulo lunar Antares na missão Apollo 14, em 9 de fevereiro de 1971.


Fonte:
http://www.mirror.co.uk
https://pt.wikipedia.org

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Cientista acredita na existência de alienígenas, como nós...

O cientista e professor Simon Conway Morris, que é biólogo e especialista em evolução na Universidade de Cambridge, no Reino Unido, falou que a probabilidade de vida alienígena em evolução em algum lugar no universo, são "bastante elevado".

Em um livro chamado The Runes of Evolution (em inglês, ainda sem tradução para o português), o cientista expressa sua concepção.

Neste fascículo, ele argumenta a teoria de convergência, onde insinua que a evolução pode continuar ao contrário de ser um segmento caótico.

"A evolução está longe de ser um processo aleatório", falou o professor.

Então:

- Se há evolução como há na Terra, isso pode ser aplicado na Via Láctea e também no universo a fora.

- E se realmente for assim, os alienígenas, possuem membros e uma cabeça, com pensamentos inteligentes e sensações, como nós aqui na Terra.


O cientista fica surpreso, pelo fato de ainda não ter encontrado alienígena com  a nossa aparência devido o tamanho do universo, e falou, "Eu diria que em qualquer zona habitável que não ferver ou congelar, vida inteligente vai emergir".

Segundo o professor, estamos tendo boas chances de encontrar os alienígenas que possam ser semelhantes a nós, pois o caminho está certo, devido planetas que estão sendo descobertos.

Fonte:
http://www.mirror.co.uk
https://pt.wikipedia.org

domingo, 16 de agosto de 2015

Rosetta e o cometa...

Desde 06 de agosto de 2014, a sonda espacial Rosetta da ESA, está orbitando o cometa 67/P Churyumov-Gerasimenko.

E nesse quase um ano, as observações e estudos feitos por especialistas da ESA, tem como aliados, onze ferramentas na sonda espacial, sendo assim, dá para diferenciar os comprimentos das ondas: onda infravermelha, ultravioleta microondas e rádio, e capturar imagens em alta resolução e obter informações com mais detalhes, sobre sua forma, densidade, temperatura e composição química do cometa.

As medições do cometa em aproximação ao Sol, sugerem que o cometa emitiu aproximadamente 300 kg de vapor de água, e em sua saída, registrou 300 gramas por segundo de vapor de água.

Do seu núcleo, desprendeu aproximadamente 1mil / kg de poeira por segundo, sendo assim foi uma fase de perigo para a sonda espacial Rosetta.

* Procure no Blog ZM.,  por Missão Roseta, que você encontrará detalhes dessa missão. 


Fonte:
http://blogs.esa.int

sábado, 15 de agosto de 2015

Estado de emergência foi declarada no Equador...

"Nós declaramos o estado de emergência devido à atividade incomum de Mount Cotopaxi", disse Correa durante seu discurso de sábado semanal. "Se Deus quiser, tudo vai correr bem e que o vulcão não vai entrar em erupção.", essa são as palavras do presidente do Equador, o senhor Rafael Correa, devido atividade do vulcão Cotopaxi, que fica localizado a 70,1 km (43,5 milhas) ao Sul de Quito, no Equador.

O estado de emergência foi declarado, porque no dia anterior houve atividades vulcânicas sequenciais e cada vez maiores do gigante vulcão Cotopaxi, assim o governo tem maior flexibilidade para manobrar recursos financeiros em caso de erupção.

Na sexta feira, houve duas explosões e  chuva de cinzas vinda o vulcão Cotopaxi, pequenas cidades no centro do país foram evacuadas por prevenção.

Esse critério tomado, proporciona ao presidente uma operação rápida das forças de segurança de todo país, e possibilita informações governamentais dadas a respeito do vulcão Cotopaxi.

O estado de emergência não pode ultrapassar 60 dias.

Segundo o presidente sr. Rafael Correa, aproximadamente 400 pessoas foram espontaneamente transferidas para abrigos, depois da explosões e cinzas, que surpreendeu os moradores locais, na sexta feira.

O Parque Nacional Cotopaxi foi fechado por medidas de precaução, assim relatou o Ministério do Meio Ambiente, pois o vulcão o Cotopaxi é um dos oito vulcões ativos do Equador e muito popular entre os turistas.

A última erupção do vulcão Copotaxi foi no ano 1877.

Fonte:
http://www.nbcnews.com
http://g1.globo.com

Estragos feitos por Sumidouros...

No ano passado (2014), um sumidouro de 37 metros de largura e 9 de profundidade, fez danos no bairro residencial, em Spring Hill, no estado da Flórida (EUA), engolindo uma boa parte do bairro, não houve feridos, mas algumas casas tiveram estragos e quatro famílias tiveram que ser evacuadas.

A região desde 2010 vem sofrendo com sumidouros que estão se formando no estado, já foram aproximadamente 300 buracos.

Especialistas disseram que a costa ocidental do estado é predisposto a ter sumidouros, poque no solo não há grande quantidade de argila, que mantém as camadas do solo juntas, infelizmente a região, tem a tendência de ter areia em cima de pedra calcária.

A água subterrânea dissolvem a pedra calcária criando cavernas, que por sua vez as camadas de areias acabam não suportando seu próprio peso, então forma o sumidouro. Essa explicação foi de um especialista local.

Alguns exemplos de lugares no mundo que tiveram sumidouros:
Em junho de 2012, Salt Springs , na Flórida (EUA)
Em agosto de 2013, Clermont , na Flórida (EUA)
Em fevereiro de 2014, Buckinghamshire, no Reino Unido
Em fevereiro de 2014, Bowling Green, em Kentucky (EUA)
Em fevereiro de 2007,  Cidade da Guatemala, na Guatemala
Em 13 de agosto de 2015,  Dongguan, província de Guangdong, China
Em 27 de julho de 2015, costa do Mar Morto, em Israel
Em 22 de fevereiro de 2015, Nápoles, Itália
Em 27 de janeiro de 2015, Beaumont, Texas (EUA)
Em 12 de dezembro de 2014,  Zhenjiang, China
Em 02 de dezembro de 2014, George Washington Parkway na Route 123 (EUA)
Em 20 de novembro de 2014, ao leste da Solikamsk-2 mina na região de Perm, Rússia

O que é Sumidouro?
Sumidouro ou Sinkholes, é um fenômeno natural, causado por uma depressão ou buraco no solo causada por algum tipo de colapso da camada de superfície, então pode se dizer também, que sumidouro é uma abertura natural que se comunica com uma rede de galerias subterrâneas, pela qual um curso de água entra no subsolo.

Fonte:
http://hypescience.com
https://en.wikipedia.org
http://www.washingtonpost.com

Fumarola...

É uma fissura na superfície da costra terrestre, melhor dizendo, no solo, por onde é expelido vapor e gases, formando uma erupção secundária de vulcanismo. As fumarolas geralmente estão situadas nas proximidades dos vulcões.

É do magma quente que está sob o solo, que os gases se originam, ao chegar mais perto do magma, a água subterrânea esquenta e gera o vapor.

Os gases possuem elementos como oxigênio, carbono, cloro,hidrogênio e enxofre. Alguns deles podem se associar e produzir gases tóxicos para plantas e animais. De um modo geral, as fumarolas não acarretam perigo algum.

As fumarolas se dividem conforme a sua temperatura:

- Fumarolas secas, tem temperatura acima dos 400ºC, liberando vapor de água.

- Fumarolas ácidas, tem temperatura entorno dos 100ºC e os 400ºC, liberando vapor de água, com anidrito carbônico e sulfúrico.

- Fumarolas Sulfataras ou alcalinas, tem temperatura entorno de 40ºC e os 100ºC, com emissão de ácido clorídrico, podendo ter junto gases de anidrido sulfuroso e cloreto de ferro.

- Fumarolas mofetas, geralmente a temperatura é ambiente, liberando dióxido de carbono, metano e vapor de água.

Fonte:
https://pt.wikipedia.org
http://www.ensinobasico.com

Pseudociência e a ciência...

Pseudociência:

É um agrupamento de suposições (teorias), ideias e alegações que aparentam científicas, mas que são suposições, até mesmo falsas, e que não são ponderadas cientificamente, ou seja não são aplicadas metodologias científicas, e sim utopia. 
Acontece que muitas vezes por falta de entendimento das pessoas, faz com que certas teorias sejam debatidas e assim tentam adquirir alguma relevância científica. 

Algumas indicações reprovadas, dita como pseudociência:

- Apelo à Autoridade: é sem dúvida um dos mais procurados, em especial por defensores de uma pseudociência. Essa é a mais evidente tentativa de credibilidade científica: citar cientistas que acreditam na ideologia, é uma prática muito comum, e é garantido que encontrará, pois cientistas são pessoas, e estão sujeitos a colocar sua crença acima de sua razão, por mais graduados que forem.
.Há PhDs defensores do criacionismo assim como há defensores da atividade alienígena na Terra, da Terra-Oca, da Terra-Plana, etc.

  - Apelo à Maioria: é baseado na falsa premissa de que a credibilidade de algo se dá pelo número de crentes nele, o que os faz parecer, achando que a realidade das coisas se define pela maioria de votos, ou algo assim.
.Pessoas pelo mundo todo acreditam na Astrologia, e dizem que ela funciona.

- Apelo às Teorias Conspiratórias: é mais confortável dizer que os artigos criacionistas são rejeitados por preconceito e conspiração, do que admitir a verdade: que não passaram pelo rigor da validação científica. É, basicamente, um vitimismo sem limites.
.Não existe nenhum artigo científico criacionista nos meios acadêmicos porque os evolucionistas manipulam este, e a revisão por pares é um engodo...

- Apelo à Ignorância: é uma falácia lógica que assume que todas as premissas são apenas ou falsas ou verdadeiras, partindo dum princípio de desconhecimento anterior sobre o assunto. É um falso dilema.
.Ninguém provou que Deus não existe, portanto existe...

- Apelo à Física Quântica:  um desconhecimento tremendo sobre o que realmente é Física Quântica, baseando-se no ar de mistério e complexidade que, apenas a palavra “quântica”, já desperta nas pessoas. Paralelo ao apelo à ignorância, o charlatanismo pseudo quântico tem se tornado uma moderna forma de pseudos se passarem como detentores de alguma credibilidade científica.
.A física quântica prova a possibilidade da espiritualidade, esoterismo, etc.


Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos já declarou que o "criacionismo, design inteligente (afirmação de que a diversidade biológica não se deu evolutivamente, mas sim por interferência ou condução de uma inteligência superior, não reportando essa ação a Deus ou a seres extraterrestres) e outras alegações de intervenção sobrenatural na origem da vida", não são ciências porque elas não podem ser testadas por métodos científicos.

Sociedade Brasileira de Genética publicou oficialmente que não há qualquer respaldo científico no design inteligente e outras teorias criacionistas, explicando que esta posição é consensual na comunidade científica.


Duvida para uma resposta?:

Em 1978, Paul Thagard,  filósofo canadense, especializado em filosofia, a ciência cognitiva e a filosofia da ciência, propôs que a principal distinção entre pseudociência e ciência está relacionada com o facto da pseudociência ser muito mais resistente a abandonar uma teoria mesmo quando essa teoria é suplantada por teorias alternativas, e à resistência dos proponentes em reconhecer ou corrigir os problemas da própria teoria. 

Em 1983, Mario Bunge, é um físico, filósofo da ciência e humanista argentino  sugeriu as categorias de "campos de crenças" e "campos de investigação" para ajudar a distinguir entre pseudociência e ciência, onde o primeiro é essencialmente pessoal e subjetivo e o último implica uma abordagem sistemática.


O princípio da incerteza (ou indeterminação):

"A mecânica quântica nos ensina que é impraticável calcular ao mesmo tempo, a posição e a velocidade de uma partícula, porque o cálculo de uma afeta o resultado da outra. Essa definição não é um problema de coibição temporária, mas uma restrição da natureza.

Quanto mais exata for uma delas, mais incerta se torna a outra". Werner Heisenberg, físico teórico alemão. (1901-1976).

Frases:

“A ciência sem a religião é manca, a religião sem a ciência é cega". (Albert Einstein - foi um físico teórico alemão, radicado nos Estados Unidos em 1933)

"A diferença crucial entre deuses e extraterrestres parecidos com deuses não está em suas propriedades, e sim em sua proveniência". (Richard Dawkins - é um etólogo, biólogo evolutivo e escritor britânico)

"Talvez precisemos de alguma ameaça universal externa para nos fazer reconhecer o laço que nos une. Às vezes, penso que nossas diferenças desapareceriam se estivéssemos enfrentando uma ameaça alienígena, de fora deste mundo". (Ronald Reagan - foi um ator e político norte-americano, o 40.º presidente dos Estados Unidos)

"Se não existe vida fora da terra, então o Universo é um grande desperdício de espaço...". (Carl Sagan - foi cientista, astrobiólogo, astrônomo, astrofísico, cosmólogo, escritor e divulgador científico norte-americano)

"Pra quê um universo tão grande e com tantos planetas se só um pode ser habitado? Somos tolos de pensar que estamos sozinhos..." (Adam Fowler)

Uma mente fechada escraviza as pessoas, por isso a última frase a baixo, resume tudo que o ser humano poderia tomar para si, porque uma mente que não se abre para outras coisas, se torna uma mente obtusa.

"Só porque você nunca viu, quer dizer que nunca exista". (A lenda dos guardiões - filme)

Fonte:
https://pt.wikipedia.org
http://www.universoracionalista.org
http://www.brasilescola.com
https://www.google.com.br

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Um novo exoplaneta primo de Júpiter...

Através do instrumento, Gêmeos Planeta Imager (GPI) que é um novo dispositivo de imagem muito sensível e de última geração, construído especificamente para detectar e estudar planetas que orbitam em estrelas fracas e brilhantes, uma equipe de astrônomos da SETI, avistaram um exoplaneta parecido com Júpiter, que fica em uma distância de 100 anos-luz na constelação de Eridanus, um sistema planetário que pode ser muito parecido com o nosso.

O GPI, também fez um estudo espectroscópico da luz refletida no exoplaneta, e  foi capaz de detectar gases semelhantes aqueles do planeta Júpiter. 

O nome dado a esse exoplaneta é 51 Eri B, e quando descoberto, foi diferente da maioria dos outros planetas que orbitam outras estrelas, ele foi encontrado de modo direto.

O exoplaneta 51 Eri B, tem sua massa que é caculada em aproximadamente duas vezes da massa de Júpiter. e aparenta orbitar sua estrela acerca de 13 vezes maior que a Terra orbita o Sol; para se ter uma ideia, se o 51 Eri B estivesse no nosso Sistema Solar, ele estaria localizado entre os planetas Saturno e Netuno. É um planeta jovem com apenas 20 milhões de anos e é levemente mais quente que o Sol.

As análises feitas com GPI no exoplaneta de 51 Eri B, evidenciaram uma atmosfera dominada de metano semelhante à de Júpiter.

Astrônomos acreditam que o exoplaneta 51 Eri B, será uma menção para futuras análises e entendimento da formação de outros planetas extra-solares, e suas atmosferas, além do nascimento dos gigantes de gás no nosso Sistema Solar.

Os especialistas acreditam que esse exoplaneta teve a mesma formação que Júpiter, pois é frio consideravelmente e razoavelmente perto de sua estrela.

O Gêmeos Planeta Imager, tem um tamanho de um carro, e está acoplado ao telescópio Gemini Sul, no Chile, que é um dos maiores telescópio do mundo. O GPI é um caça estrela direto, e começou a ser usado o ano passado (2014), e construído pela equipe da SETI.

Os cientistas publicaram esse estudo na revista Science, no dia 13 de agosto de 2015.

Essas análises do exoplaneta, foram realizadas pela equipe  do  SETI, Search for Extra Terrestrial Intelligence (sigla em inglês), que significa Busca por Inteligência Extraterrestre.

Os cientistas da SETI, estão muito satisfeito por terem descoberto esse exoplaneta, é relatado no Mirror Online.

*Ler no Blog ZM., a respeito do SETI, no dia: 15 de fevereiro de 2015.

Fonte:
http://www.seti.org
https://pt.wikipedia.org
http://www.mirror.co.uk
https://translate.google.com.br

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Sonda Rosetta vai perto do Sol no cometa...

Hoje, 13 de agosto de 2015, a Agência Espacial Européia (ESA), anunciou que o cometa 67P / Churyumov-Gerasimenko, fez sua maior aproximação ao Sol (periélio), esse acontecimento ocorreu exatamente às 02:03 desta manhã, com aproximadamente 186 mil km do Sol.

Desde que a sonda Rosetta pousou no cometa, ela tem viajado junto com ele, cerca de 50 milhões km, através de sua órbita rumo ao Sol, conforme se dá a aproximação, a radiação gera o aquecimento do núcleo congelado do cometa, onde começa escapar gases e fragmentos de poeira em uma porcentagem maior em sua órbita, e com esse descongelamento, vai se formado a coma e a cauda.

Afim de evitar qualquer contratempo, a sonda Rosetta foi afastada para uma distância segura de 340 km, evitando assim as emissões de gases e poeiras do cometa, pois se fosse atingida, poderia perder a percepção de sua direção. 

A cada segundo, o cometa solta 300 kg de vapor de água, e esse é o momento mais arriscado que a sonda Rosetta passa nessa jornada.

* Ler no Blog ZM, sobre a missão Rosetta - dia: 15 de novembro de 2014.

                                                    Maior aproximação do Sol
Animação - ESA
Fonte:
http://www.esa.int ( Reprodução da animação e dados)
http://www.mirror.co.uk
https://pt.wikipedia.org
https://translate.google.com.br

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Agência Espacial Européia e Airbus Safran Launchers, fecham contrato bilionário...


A união entre a Agência Espacial Européia (ESA) e a empresa Airbus Safran Launchers, foi divulgada  hoje dia 12 de agosto de 2015, pela própria ESA, onde fecharam um contrato no valor de US$ 2,67 bilhões dólares.
O contrato, visa a empresa Airbus Safran Launchers, no desenvolvimento do lançador Ariane 6 e suas duas versões, Ariane 62 e Ariane 64.

Ariane 6 é um veículo de lançamento  produzido pela ESA, com um primeiro teste de voo programado para 2020.

Ariane 62 , com dois propulsores sólidos P120, vai pesar cerca de 500 toneladas na decolagem e se destina principalmente para missões governamentais e científicas.Terá capacidade de lançar até 5.000 kg em GTO (órbita de transferência geoestacionária).

Ariane 64, com quatro P120 impulsores, terá um peso na decolagem de aproximadamente 800 toneladas, e é atribuído para lançamentos comerciais dual-satélite de até 10.500 kg para GTO.

A previsão da empresa, quanto da ESA, é que até 2023, estará em plena habilidade operante com vários lançamentos anuais, e com uma altitude de 36.000 km.

Airbus Safran Launchersse, está se dedicando no aperfeiçoamento dos lançadores espaciais, de novas gerações, com o intuito de estimular a liderança européia no setor espacial.

Fonte:
http://www.airbusafran-launchers.com
https://pt.wikipedia.org
https://translate.google.com.br

terça-feira, 11 de agosto de 2015

Uma possibilidade da morte do universo...

Uma das teorias que diz ser possível a morte do universo, é a morte térmica, onde diz que a energia que possui no momento onde tudo se encaixa em uma certa ordem de movimento ou vida, deixaria de existir.

Isso quer dizer que a energia existente agora, não seria a mesma devido a morte térmica, e a energia que existiria, não conseguiria fazer o trabalho.

Na física quer dizer que a morte térmica significa que o universo terá alcançado a entropia máxima.

O conceito de morte térmica, ocorre na segunda lei da termodinâmica (o calor pode se transformar em outro tipo de energia), assim como determina que a entropia (quantidade de mudança na temperatura, pressão e volume; e suas causas e feitos, que determina o estado que não se pode reverter de um processo), tem a propensão a aumentar em um sistema isolado (que nunca cresce, pois não há troca de matéria e de energia com o ambiente).

O conceito de morte térmica foi primeiramente falada em 1851 por William Thomson, que foi um físico - matemático e engenheiro britânico.

Há pesquisadores que não descartam essa teoria, e até acreditam que o universo já começou nesse processo.

Mas, se ocorrer mesmo essa teoria da morte térmica do universo, ninguém precisa se apavorar, pois isso só irá acontecer daqui a muitos de bilhões de anos, e bem antes desse evento, a Terra irá ser engolida pelo Sol com aproximadamente 5 bilhões de anos.

Fonte:
https://pt.wikipedia.org
http://http://www.iflscience.com

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Terremoto no Brasil...

O maior terremoto já registrado no Brasil, foi no dia 31 de janeiro de 1955, na Serra do Tombador, a 100 km da cidade de Porto dos Gaúchos, no estado do Mato Grosso (Brasil), com um tremor de magnitude 6,2 na escala Richter.
Não houve vítimas e nem grandes estragos, devido ser uma área de a recursos limitados, mas se tivesse atingido uma cidade grande, poderia causar danos, como derrubar prédios, casas, ferir pessoas e até óbitos, pois o tremor foi muito intenso.

Segundo especialistas, a região em que aconteceu o terremoto, também já houve registros de outros tremores de magnitudes significativas, pois é uma área considerada bastante sísmica, devido uma falha geológica. Na região do município de Porto dos Gaúchos, a 644 km de Cuiabá. já foram registrados por duas vezes, uma magnitudes maiores que 5 na escala Richter.

De acordo com os dados do Observatório Sismológico (Obsis) da Unb, só no ano passado em 2014, foram registrados nos meses de agosto e novembro, tremores entre 2,4 e 4,2 pontos na escala Richter, em algumas cidades e capital da região considerada sísmica, no estado do Mato Grosso.

Fonte:
http://g1.globo.com 

domingo, 9 de agosto de 2015

14 de agosto, um dia muito especial...

"Uma das grandes revelações da exploração espacial é a imagem da Terra, finita e solitária acomodando toda a espécie humana através dos oceanos do tempo e do espaço". (Carl Sagan)

Vamos nos importar mais com o nosso planeta, para que em um futuro não seja apenas uma lembrança de como era a Terra, e que as palavras de Carl Sagan não tenha sido apenas de mais um planeta que fez parte do universo.

                     14 de agosto - Dia do combate à Poluição.

Anemômetro, você sabe o que é?...

Um anemômetro é um aparelho que mede a velocidade que o vento assopra, e as vezes ele também, pode fornecer a direção.

 Ele, é um dos mais importantes instrumentos, e é muito utilizado em estação meteorológica e em aeroportos.

O anemômetro, lembra um cata-vento, possui três conchas com muita sensibilidade, que reage facilmente a qualquer movimento do vento, mesmo que ele seja mínimo.

Uma haste vertical, com um rotor, e com as três conchas, aciona o motor, onde está instalado um sensor elétrico que capta a velocidade do vento, e transforma a velocidade em corrente elétrica, onde será interpretada a medição digitalmente.

Alguns anemômetro possuem uma espécie de cauda para indicar a direção do vento.

A cauda circular é posicionada a uma  certa distância do rotor e do conjunto de pás, para que não haja nenhum tipo de oscilação gerada por essa estrutura.


Fonte:
https://pt.wikipedia.org
https://br.yahoo.com

A chuva de meteoros Perseidas...

Recebe esse nome devido seu radiante (local no céu, onde se origina), que está localizado na constelação de Perseus.

Quando o nosso planeta coincide com a órbita do cometa Swift-Tuttle. ou seja, a Terra passa pelo rastro do cometa, e os resíduos (poeira e gelo) do cometa é desprendido de sua órbita, entram na atmosfera terrestre em uma velocidade bem alta, e essa velocidade atinge aproximadamente, de 15 a 70 km por segundo, os detritos quando atingem a atmosfera do nosso planeta, entram em combustão, formando os meteoros, que chegam a ser até 60 meteoros/horas em seu auge. 

Popularmente, chuva de meteoro é conhecida como estrelas cadentes.

Esse fenômeno acontece entre os dias 23 julho e 22 agosto, mas seu maior auge acontece nos dia 12 e 13 de agosto. Quando for observar a chuva de meteoro Perseidas, olhar para o lado nordeste do céu.

* Para observar a chuva de meteoro:

Em geral esses fenômenos ocorrem na madrugada dos dias previstos pelos astrônomos.

Você precisa de um céu escuro, que seja longe da poluição luzes das cidades.

Muitas vezes pode ser visto a olho nu, ou de binóculos.

E torcer para o céu não estar nublado.

Fonte:

sábado, 8 de agosto de 2015

David Lane retratou a beleza da Via láctea...

O  fotógrafo americano David Lane, com seu trabalho de astrofotografia, passou quatro meses registrando belas imagens da Via Láctea sobre o céu do Parque Nacional de Yellowstone (EUA).

Quem tiver o interesse de fazer um trabalho como este de astrofotografia, David Lane dá umas dicas em sua página do Facebook:

"Afaste-se da luminosidade e dirija-se para fora da cidade, entre 35 e 45 km (20 e 30 milhas) e olha para cima ... e você pode ver algo que irá mudar para sempre a sua vida".

Ele relatou que aumentou a saturação da imagem, para equilibrar um céu mais claro, e para cada uma das imagens, ele estipulou 16 cliques.

                          "Isto é o que uma galáxia se parece por dentro" -  David Lane


* Blog ZM., agradece David Lane por ter autorizado a reprodução de suas Lindas imagens fotográficas.

Fonte:
http://www.davelaneastrophotography.com
https://www.facebook.com/laneastrophotography/timeline

Ceres - um planeta anão misterioso...

Quando olhamos para esse planeta anão, feito de rochas e gelo, através das imagens obtidas pela sonda Daw da Nasa, observamos pontos brilhantes, tornando sua aparência enigmática.

Ceres tem uma cratera que recebeu o nome de Occator (deus romano, ajudante de Ceres), essa cratera tem aproximadamente 96 km (60 milhas) de diâmetro e cerca de 3 metros (2 milhas) de profundidade, e é a moradia dos pontos mais brilhantes, é o local que mais reflete luz solar, do que do resto da superfície do planeta anão.



O que intriga os cientistas são os pontos brilhantes, pois não chegaram ainda a conclusão sobre a estrutura e sua composição, há várias teorias, mas para saber realmente o certo, os pontos brilhantes precisam ser mais estudados a partir de altitudes mais baixas, assim os cientista terão mais dados e saber a real natureza desses pontos brilhantes.

A medida que vão aprendendo mais sobre eles, ocasionalmente, eles oferecem  elementos sobre a geologia desse obscuro planeta anão.

Os cientistas estão encantados com uma protuberante montanha, que seu aspecto aparenta o ser mais alto de Ceres, que lembra um cone, ou uma pirâmide, que se projeta na superfície em uma altura de aproximadamente 7 km (4 milhas), em relação a área local normal, pois não é uma cratera e nem se assemelha com isso.

A montanha deixou os cientistas com muitas perguntas, e  ainda sem respostas,  assim como: qual a força para forma-la?, e por que tem uma aparência variando, entre um lado escuro e do outro lado um rastros brilhantes, o que essa estrutura pode dizer de como esse mundo funciona?

A cada momento que a sonda Daw se aproxima do planeta anão, usando os aparelhos sofisticados como câmera e sensores, o segredo silencioso que Ceres mantém desde o início do Sistema Solar, ainda será revelado.

Fonte:
http://www.nasa.gov/ jet propulsion laboratory
https://translate.google.com.br