domingo, 31 de maio de 2015

Arqueólogos encontram crânio da primeira vítima de homicídio do mundo...

Arqueólogos encontraram um crânio que pode ser o primeiro caso de assassinato (homicídio) do nosso planeta. O local onde foi achado, é o sítio Sisma los Huesos da Espanha, um local conhecido como "Pit of Bones" (cova de ossos, em português), que está localizado em uma formação de caverna subterrânea, e o seu acesso é apenas por eixo de 13 metros. 

O crânio datado de 430 mil anos de idade, possui duas rachaduras no osso frontal, causado por trauma preciso, os especialistas julgam que objeto que causou os dois traumas em cima do olhos esquerdo seja o mesmo.

Os pesquisadores empregaram técnicas forenses modernas para desvendar o caso desse assassinato; o crânio da vítima foi batizado por "Cranium 17", revelou o líder do estudo Dr. Nohemi Sala.


Em virtude da idade do "Cranium 17", acreditam que seja o caso mais antigo de assassinato da história da humanidade, ou seja, o homicídio mais antigo.

Não se sabe o sexo e nem mais a fundo sobre o dono do crânio, mas foi levado para um local comum, ou melhor dizendo, uma vala de enterro comum, pois foi encontrados também 27 ossadas de outras pessoas, nessa mesma vala.

O que se sabe sobre da vítima do crânio, é o que as análises indicam, que foi um combate cara a cara, em um acidente ou durante uma caça, devido não mostrar sinais que houve tentativa de cura, foi a óbito antes disso.

Assim como o dono do crânio e as outras ossadas, apontam que não eram seres humanos modernos, mas sim homo heidelbergenis , que atravessavam Europa, África e provavelmente a Ásia entre 700.000 e 200.000 anos atrás.


Rolf Quam, um co-autor do estudo da Universidade de Binghamton, falou a NPR (National Public Radio ): "O assassinato é um recurso antigo na humanidade. Outros seres humanos foram para o topo deste eixo vertical, e depositados também membros mortos de seu grupo social para dentro do local, e desta forma, foi formado uma espécie de cemitério primitivo ou tipo de uma manifestação precoce de práticas funerárias. É evidente que esta é uma disposição humana intencional aos mortos."
*O crânio pré-histórico foi formado a partir de 50 fragmentos que foram achados na vala.

Fonte:
http://www.mirror.co.uk
https://translate.google.com.br

sábado, 30 de maio de 2015

Permafrost - Permanentemente congelado...

A palavra permafrost, vem do inglês, perma (permanet) + frost, no português fica, permanentemente congelado, ou seja, é o solo permanentemente congelado.

O solo permanentemente congelado (permafrost), é o tipo de solo que existe em altas latitudes, achado na região do Ártico, e atinge 24% do hemisfério Norte.

Permafrost, é formado por gelo e rocha permanentemente congelada; tendo suas cotas: uma cota da criosfera por apresentar-se congelado, assim como uma cota da geosfera por comportar rochas e solos.

Esse solo permanente congelado serve de escudo para uma grande quantidade de carbono acumulado, mas com o desgelo, por causa das mudanças climática, está sendo liberado o carbono na condição de dióxido de carbono e metano, que são potentes gazes do efeito estufa.

O permafrost é fundamentalmente importante, e seu derretimento tem sido visto por causar erosão, desaparecimento de lagos, deslizamentos de terra e afundamento do solo. Ele também irá causar mudanças na composição de espécies de plantas em altas latitudes.

Cientistas da Universidade do Alasca constataram que se a liberação do gás metano (CH4) para a atmosfera não for parado, poderá ocorrer uma mudança muito violenta do que as já estudadas.

O "tempo de metano bomba" é a abreviação popular para a ideia de que o degelo do Ártico poderá a qualquer momento desencadear a liberação repentina de grandes quantidades de metano, um potente gás de efeito estufa, acelerando rapidamente o aquecimento do planeta. Alguns se referem a ele em termos mais dramáticos: o metano catástrofe Ártico. Até mesmo o apocalipse metano.

O Serviço Geológico do Canadá (GSC) assegura: "De maior preocupação são solos com potencial de instabilidade sobre degelo. Essas instabilidades podem ter implicações para a paisagem, os ecossistemas e a infra-estrutura" (GSC - 2007).


Com o descongelamento do permafrost, nosso planeta terá um impacto muito significativo sobre o sistema da superfície e também da subsuperfície, sendo incluso a hidrologia, energia e o equilíbrio da umidade.
Com aumento da temperatura do ar, associado com a temperatura do solo, as diversidades do ecossistema e sua infra-estrutura vão estar comprometidos, na formação e no seu rendimento.

Fonte:
http://www.wunderground.com
http://www.newscientist.com
http://www.infoescola.com
http://pt.wikipedia.org
https://translate.google.com.br

sexta-feira, 29 de maio de 2015

Uma estrela massiva...

No ano de 2010, astrônomos descobriram através do Very Large Telescope (VLT) do ESO, no Atacama, ao norte do Chile, uma estrela mais massiva e luminosa já conhecida até o momento (fevereiro de 2015), calcula-se 265 vezes a massa solar, e que no decorrer do seu nascimento, sua massa era ainda maior, estimada em 320 vezes a massa solar. A massa da estrela foi determinada pelo astrofísico, Paul Crowther.

Essa super-estrela massiva é a  RMC 136a1 ou R136a1, que é uma é estrela Wolf-Rayet. Não é a maior estrela conhecida em termos de raio ou volume, apenas em massa e luminosidade.

A  R136a1 é a estrela mais brilhante, com uma luminosidade de 8,7 milhões de vezes a do Sol, e possui uma temperatura na superfície de mais de 40.000 graus Celsius, que por volta de sete vezes mais quente do que o nosso astro rei.

Essa estrela está  localizada nos aglomerados de estrelas super-R136 perto do centro do complexo de 30 Doradus (a Nebulosa da Tarântula ou NGC 2070). Ela está incorporada na Grande Nuvem de Magalhães.

A distância da estrela R136a1 em relação à Terra é de cerca de 160.000 a 165.000 anos-luz.

                                                        
Fonte:
http://fr.dbpedia.org
http://pt.wikipedia.org
https://translate.google.com.br

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Último dia de junho de 2015, ganha um segundo extra...

No dia 30 de junho de 2015,  vai ser um segundo  maior que junho do ano passado,  quando for 20 horas 59 minutos e 59 segundo,   passa por exemplo para  20 horas 59 minutos e 60 segundos. E os relógios atômicos do mundo inteiro, vão parar por um segundo.

Esse pulo no tempo tem o nome popularmente conhecido como Leap Second, em inglês, na tradução para o português é Segundo Intercalar. Isso acontece porque precisa para manter o ritmo com as mudanças nos atrasos astronômicos causados ​​pela rotação da Terra, ou seja, o Segundo Intercalar vai possibilitar que os nossos relógios não se adiantem em comparação à rotação do planeta.

Como a Terra está cada vez mais desacelerando sua rotação, a cada século diminui dois milésimo de segundo (leia no blog ZM. no dia 16/03/2015); os relógios atômicos não param, então para não haver dessincronização do nosso tempo pelo Sol, é necessário o Segundo Intercalar, pois sem ele, ocorreria uma mudança intensa na nossa escala de tempo.

Em 2012 houve problemas com algumas empresas de software, como: LinkedIn, Foursquare, Reddit, e outras, elas  não estavam preparadas quando foi incluído um segundo extra.

No ano de 2012, foi a primeira vez que Leap Second, ou em português Segundo Intercalar, foi incluído.


*Os relógios atômicos são equipamentos de medição de tempo e frequência mais exatos feitos pelo o homem, sendo usados como padrões primários para os serviços internacionais de pesquisa de tempo, além de serem usados para controlar a frequência de ondas de transmissões de televisão, e em sistemas de navegação por satélite, como o GPS.


Fonte:
http://tech.fanpage.it
http://blogs.diariodonordeste.com.br
https://translate.google.com.br
https://pt.wikipedia.org

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Cicatriz em Júpiter...

O astrônomo amador Anthony Wesley, da Austrália, em 19 de julho de 2099, entrou em contato com cientistas profissionais, e descreveu um achado em relação ao planeta Júpiter, que seria uma "Cicatriz Preta".

Os cientistas confirmaram para ele que era sim uma cicatriz, e explicaram que o planeta Júpiter foi alvejado por um corpo desconhecido, essa  cicatriz preta, na real é um campo de detritos gerado por uma colisão.

Tentado descobrir o que alvejou Júpiter, cientistas de todo mundo, iniciaram uma observação no local da colisão do planeta.

 O Telescópio Espacial Hubble da Nasa, foi utilizado pelos cientistas para saber a dimensão da cicatriz, e observaram que o seu tamanho é duas vezes maior que os Estados Unidos, e compararam as cicatrizes feitas pelo cometa Shoemaker-Levy 9, que partiu em pedaços e colidiu com o planeta Júpiter em 1993,  com essa nova cicatriz achada em 1994, os cientistas calcularam que o corpo que almejou o planeta Júpiter, teria cerca de algumas centenas de metros quadrados.


Fonte:
http://www.nasa.gov
https://translate.google.com.br                                      

terça-feira, 26 de maio de 2015

Um projeto que deu certo: ProjetoTamar...

A ideia do projeto TAMAR surgiu nos anos 70 através de um grupo de estudantes de oceanografia que viajavam para as praias desertas para realizar pesquisas. Naquela época, no Atol da Rocas, os pesquisadores documentaram pescadores matando tartarugas-marinhas. Fotos e alguns relatórios foram enviados às autoridades, que estavam querendo iniciar um programa de conservação marinha dando início ao programa que deu origem ao Projeto Tamar.

Fundado em 1980, pelo antigo Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal (IBDF), que depois mudou para Ibama (Instituto Brasileiro de Meio Ambiente).

O Projeto Tamar, é um projeto conservacionista, ou seja,  luta na conservação da natureza, e do meio ambiente. Resumindo, é um projeto conservacionista brasileiro, apoiante da conservação do meio ambiente.

É reconhecido mundialmente, e serve de referência para outros países, nas experiências da conservação marinha, porque envolve principalmente as comunidades costeiras no seu trabalho socioambiental.

O nome Tamar vem da junção das palavras tartaruga marinha:
ta (tartaruga)   e     mar (marinha), pois a abreviação se tornou necessária por conta do espaço restrito para as inscrições nas pequenas placas de metal utilizadas na identificação das tartarugas marcadas para diversos estudos.
A partir  desse nome, Tamar começou a denominar o Programa Nacional de Conservação de Tartarugas Marinhas.

Um exemplo de como funciona uma das bases do Projeto Tamar:

A mais nova base do Tamar instalada no Brasil tem suas ações de educação ambiental dirigidas prioritariamente para as escolas públicas de ensino fundamental e médio. O Projeto vai às escolas e recebe grupos em visitas ao Centro de Visitantes na Barra da Lagoa, em Florianópolis, no estado de Santa Catarina (Brasil), atendendo em média seis mil alunos por ano. Além dos estudantes, o trabalho de educação ambiental, informação, sensibilização e divulgação do Tamar junto ao público em geral é realizado através do Centro de Visitantes e de outras ações fora da base, através de palestras e exposições realizadas em eventos promovidos por outras instituições, públicas ou privadas, em Florianópolis, no estado de Santa Catarina (Brasil).

O litoral de Sergipe possui a maior concentração de desovas da tartaruga-oliva (Lepidochelys olivacea) no país. Também são registradas, em menores proporções, desovas das tartarugas-cabeçudas (Caretta caretta), pente (Eretmochelys imbricata) e verde (Chelonia mydas).

Atualmente, há 22 bases do projeto pelo litoral do nordeste, sudeste, e sul, sendo que 18 funcionam o ano inteiro, e 4 funcionam apenas no período de desova das tartarugas.



Assistam mais vídeos

https://www.youtube.com/watch?v=00gancwpouo
https://www.youtube.com/watch?v=3JcCX3e1GWE
https://www.youtube.com/watch?v=-4eGGIiepgE

Fonte:
http://www.tamar.org.br
http://pt.wikipedia.org
http://www.cimm.com.br

Enterprise inspirando seus fãs...

A empresa NetDragon Websof, que é desenvolvedora de jogos on-line, do qual o fundador é o Sr. Liu Dejian, de 43 anos, que é um grande fã da franquia Jornada nas Estrelas (Star Trek, em inglês), construiu um edifício no formato da nave USS Enterprise NCC-1701-E.

O edifício possui 260 metros de largura, e 6 andares, com um investimento de 600 milhões de yuans (97.000 mil dólares).
A construção do edifício começou no final de outubro de 2010, e teve seu término em maio de 2014. A sede da empresa está instalada na cidade costeira de Changle, no sudeste da província de Fujian, na China.

Depois do Sr. Liu Dejian e sua equipe realmente decidiram fazer esse edifício, eles entraram em contato com a CBS, que é a empresa que produz a série Jornada nas Estrelas, e que possui os direitos autorais da franquia.

"Nós sempre mantiveram uma atitude negativa em relação à pirataria", disse a empresa NetDragon Websof ao The Wall Street Journal.

Dentro da nave Enterprise que servirá como espaço de escritórios, há também uma réplica do esqueleto Tyrannosaurus rex em tamanho real, que foi copiado, da grande descoberta de um T Rex em Dakota do Sul, em 1987.


                                                                     ***
Em 17 de setembro de 2013, saiu essa notícia:

Keith Alexander, general quatro estrelas dos EUA e chefe da NSA (National Security Agency), construiu uma réplica da ponte de comando da nave USS Enterprise, na sede do Comando Cibernético do Exército Norte-Americano (Arcyber), em Fort Belvoir. 
A informação foi divulgada pela revista Foreign Policy.

Foi no prédio da Arcyber que o general, um fã da franquia Jornada nas Estrelas, construiu uma reprodução da sala de comando da Enterprise.

O espaço foi ciados por um cenógrafo de Hollywood com a intenção de reproduzir a ponte da nave Enterprise, com painéis, fontes de computadores, um enorme monitor de TV na parede em frente, e as portas deslizantes que reproduzem "assobio" quando empurradas.

“Todo mundo queria sentar na cadeira pelo menos uma vez para fingir que era Jean-Luc Picard”, disse um oficial aposentado responsável por visitas VIP.

Fonte:
http://blogs.wsj.com
http://www.trekbrasilis.org
https://www.google.com.br
http://exame.abril.com.br

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Águas-vivas gigantes invadem costa britânica...

No sul-oeste da Grã-Bretanha (Costa Dorset), foram encontradas dezenas de milhares de gigantescas águas-vivas. Entre elas tem umas que chegam a pesar até 30 quilos e o tamanho de aproximadamente 2 metros.

O que pode ter acontecido para ocorrer esse fenômeno, seria por causa da pesca indiscriminada no local, pescando os predadores de águas-vivas, pois seus predadores se alimentam delas ainda na fase jovem, então sem eles, elas crescem. Estão considerando essa hipótese, mas ainda não se sabe o real motivo.

Apesar das águas-vivas não serem perigosas para o ser humano, é necessário tomar precaução.

“Torci para que eu pudesse encontrar uma água-viva quando estivesse perto de meu neto, para mostrar para ele. Meu espanto foi descobrir que a poucos metros dali, havia milhares delas”, disse o britânico Steve Trewhella, que estava nadando no lugar onde elas apareceram.

Fonte:
http://www.dailymail.co.uk

Mapa-múndi...

Antiguidade:

O primeiro mapa-múndi (Imago Mundi) pelo o que se sabe, foi feito na Babilônia entre os séculos 7 e 6 a.C.
Inscrito em argila cozida, esse mapa relacionava informações através da prática do dia a dia dos babilônios, demonstrando parte da baixa Babilônia (atual região do Iraque), com compreensão filosóficas relativa ao mundo, como as expostas por Homero.

Anaximandro (610 - 547 a.C.) é conhecido como autor de um dos primeiros mapas do mundo, de forma circular, apresentava os territórios conhecidos, e aglomerado em volta do Mar Egeu, que está no centro. Tudo era contornado por um oceano.

Hecateu de Mileto (c. 500 a.C) prosseguiu o projeto, iniciado por Anaximandro, de desenhar um mapa do mundo, ele que reformulou e ampliou.

Eratóstenes (285 - 194 a.C.) desenhou um mapa do mundo aperfeiçoado, incluiu parecer decorrente das batalhas de Alexandre, o Grande e dos seus legatários. A Ásia aparece maior, espelhando novas informações da real proporção do continente.

Nunca foi constatado e existência dos mapas de Ptolemeu (c.83 - 161 d.C.), o  Geographia (livro), relata milhares de citações de diversas regiões do velho mundo, com o posicionamento da maior parte, que assemelha ter inspirado os primeiros mapas islâmicos, e  autorizado aos cartógrafos europeus restaurar o olhar do mundo de Ptolemeu, no momento que um manuscrito grego foi reproduzido para latim, perto do ano 1300.

Tabula Peutingeriana (c. 300) utilizado como uma ferramenta de poder, a técnica foi aplicada em outras regiões e modificando em uma extensa organização na época do império, ampliando o esquema de circulação que a cada nova conquista permanecia.
Então, mesmo regiões longínquas dos limites do império eram integrados com o esquema de coordenadas, sendo Roma o ponto de referência. Essa soberania geográfica, integrado com as rotas pode ser observado em um aspecto de ilustração na Tabula Peutingeriana.
O mapa foi encontrado em uma biblioteca alemã por Conrad Celtis, que não tornou público o seu achado, deixando seu legado a Peutinger em 1508.

Cosmas Indicopleustes (c. 550), redigiu a Topografia Cristã, um feito bem explicado, fundamentado no seu conhecimento como mercador no Mar Vermelho e no Oceano Índico no início do século VI.
Apesar da ciência moderna ignorar este feito, teve sua relevância, pois permitiu uma apresentação histórica da Índia e Sri Lanka durante este século.  A importância sobre este fato é inestimável para os historiadores.

Idade Média:

Isidoro de Sevilha (c. 630) os mapas medievais "T e O".
O "T" é o Mediterrâneo dividindo três continentes: Europa, Ásia e África, sendo o "O" é um Oceano circundante.

Mapa mundo anglo-saxônico (circa 1040) este mapa aparece na transcrição de uma obra clássica de geografia, a versão latina de Prisciano do "Periegesis".  Atualmente se encontra na British Library (biblioteca britânica).

Mapa-Múndi de Beato de Liébana (1050), Esse mapa teve o intuito de oferecer o início da dispersão dos apóstolos, e não servir de representação cartograficamente do mundo.
Foi elaborado baseando-se nas descrições de Isidoro de Sevilha, Ptolomeu e a Bíblia.

Idade Moderna:
Com a reativação comércio no Mar Mediterrâneo, principalmente desde o século XI, os mapas adquiriram mais relevância, especialmente entre os árabes, que continuaram com o seu crescimento.

Em poucos séculos, os mapas de navegação marítima, que passaram a ser valorizados na região mediterrânica, associados aos progressos técnicos representados pela bússola, pelo astrolábio (instrumento náutico) e pela caravela, que permitiram o processo das grandes navegações, marcando a passagem para a Idade Moderna.

Fonte:
http://www.uol.com.br
https://pt.wikipedia.org
http://www.editoraannodomini.com.br
https://www.google.com.br

domingo, 24 de maio de 2015

Lightsail-1 um revolucionário solar...

Planetary Society, é uma organização sem fins lucrativos, de projetou e desenvolveu a ideia de lançar uma vela solar, que tem a finalidade produzir um tipo de energia limpa de propulsão que pode vir revolucionar o acesso ao espaço.

É um projeto piloto que foi exposto em 2009 e no dia 20 de maio de 2015, se deu o lançamento. Batizado de Lightsail-1, possui um formato que lembra um paralelogramo quando aberto; constituído por três satélite miniaturizado (Cube Sat) juntos, a onde guarda todos os mecanismos eletrônicos de bordo. 

Na atual circunstância, Lightsail-1 ainda está fechado, e a previsão de ser aberto será no dia 17 de junho de 2015, que poderá ser visto a olho nu, pois abrangerá uma extensão de 32 m², e será um objeto luminoso.

Lightsail-1, poderá ser visto antes do amanhecer e após o anoitecer, seu rumo na órbita dará chance dos brasileiros verem, pois será várias vezes sua passagem pelo Brasil. 

Fonte:
http://planetary.org
http://www.apolo11.com
https://www.google.com.br
https://translate.google.com.br

Redemoinho de fogo...

Também conhecido como tornado de fogo, é um fenômeno climático raro, mas bem assustador e imensamente fatal.

Perante certas circunstâncias, assumi uma rotação vertical, e forma um redemoinho, com uma capacidade vertical equivalente a de um tornado. Seria então o ar quente encontrando ar turbulento.

Normalmente eles têm de 10 a 50 metros de altura e uns poucos metros de largura e duram somente alguns segundos, mas raramente acontece de ter algum tornado de mais de 1 km de altura, e abranger ventos superiores a 160 km/h e durar mais de 20 minutos.

A maior parte das vezes acontecem em incêndios florestais, e também podem ocorrer os redemoinhos após grandes períodos de secas, e os ventos forte e secos provocam esse fenômeno natural.

Exemplo de redemoinho raro:

Em 1923, enquanto estava havendo o "Grande sismo-catástrofe de Kantō", na região de  Hifukusho-Ato, em Tóquio, houve um redemoinho tão imenso que matou 38.000 pessoas em 15 minutos.

Exemplo de redemoinho controlado:

Em 14 de março de 2014, na Reserva Nacional Arsenal Rocky Mountain, em Denver (EUA), uma equipe do Corpo de bombeiros estava usando um lança chamas para queimar uma planta seca habitual da região (salsolas), O fogo se espalhou gerando um tornado de fogo, queimando mais de 60 hectares das plantas secas. Mas esse incêndio foi realizados pelos bombeiros e estava controlado.

Fonte:
http://pt.wikipedia.org
http://hypescience.com
http://oglobo.globo.com
https://www.google.com.br

"Uma mente brilhante" nos deixa...

John Forbes Nash Jr., matemático norte-americano que nasceu em Bluefield (EUA), no dia 13 de junho de 1928, e no dia 23 de maio de 2015, infelizmente ele morreu juntamente com sua esposa Alicia Nash, em um acidente de trânsito envolvendo o táxi que eles estavam, em New Jersey, segundo depoimentos.

Considerado um gênio na matemática por seus trabalhos, Teoria dos Jogos, Geometria Diferencial, e Equações Diferenciais Parciais. No ano de 1994 ganhou o Prêmio Nobel em Economia.

Sua vida foi inspiração para o filme "Uma Mente Brilhante", onde foi retratado sua batalha contra a esquizofrenia, e os progressos de seus trabalhos em matemática.


Na entrega do Prêmio Nobel, John Nash discursa e se declara para sua esposa Alicia Nash, também retratado no filme "Uma Mente Brilhante" :

"É somente nas misteriosas equações do amor que qualquer lógica ou razão pode ser encontrada. Você é a razão de eu estar aqui hoje, você é a razão de eu existir, você é todas as minhas razões".


No Twitter, o ator Russell Ira Crowe  que interpretou John Nash no filme,escreveu:

"Atordoado... Meu coração vai para John, Alicia e família. Uma parceria incrível. Mentes brilhantes, corações brilhantes...".

Fonte:
https://twitter.com
http://pt.wikipedia.org
https://www.youtube.com
https://www.google.com.br

sábado, 23 de maio de 2015

Uma Galáxia muito brilhante descoberta pela Nasa...

A Nasa, agência aeroespacial norte-americana, anunciou no dia 21 de maio de 2015, a descoberta de uma galáxia que possui a luminosidade de mais de 300 trilhões de sóis.

A galáxia foi encontrada através do telescópio espacial Wise e recebeu o nome de Wise J224607.57-052635.0. Ela faz parte do grupo Extremely Luminous Infrared Galaxies (Elirg), formado por 209 galáxias muito brilhantes, e ela pode ter um buraco negro no seu centro. 
Segundo a Nasa, isso é raro numa galáxia longínqua como esta.

Os buracos `supermassivos` atraem gás e matéria para um disco de acreção em seu redor, a ponto de o aquecer para temperaturas de milhões de graus e fazer com que liberte radiação visível, ultravioleta e raios-X. 
A luz é bloqueada por "casulos" de poeira, que quando se aquecem desprendem radiação infravermelha perceptível pelo telescópio.

A luz da Wise J224607.57-052635.0 demorou cerca de 12,5 bilhões de anos para alcançar o nosso planeta, o que significa que a galáxia foi formada quando o Universo ainda era relativamente novo, há cerca de 13,8 bilhões de anos.

"Estamos a observar uma fase muita intensa da evolução da galáxia", afirmou Chao-Wei Tsai, da Nasa, e autor principal do estudo.

Essa descoberta foi divulgada e publicado na revista The Astrophysical Journal.


Fonte:
http://noticias.terra.com.br
http://www.ebc.com.br
https://www.google.com.br

Curiosidade: E.E.I. ...

A International Space Station, em inglês (Estação Espacial Internacional -  E.E.I.), com a tripulação, orbita nosso planeta em uma altitude aproximadamente 250 km, e a jornada é feita a cerca de 27.500 km/h.

Uma viagem completa que E.E.I. dá ao redor da Terra, dura cerca de 92 minutos, e a cada 16 dias a tripulação da estação espacial vivência  um nascer do sol.

Fonte:
http://www.nasa.gov
https://www.google.com.br

sexta-feira, 22 de maio de 2015

A reconstrução da Estação Antártica brasileira ...

Um incêndio, no mês de fevereiro de 2012 na Estação Antártica Comandante Ferraz (EAFC), ou seja, Estação Antártica brasileira, destruiu 70% das instalações, e levando a óbito dois militares brasileiros. O incêndio começou na praças de máquinas da base, onde operava os geradores de energia elétrica da estação.

A Estação Antártica brasileira, vai ser reformada, pela empresa estatal chinesa CEIEC (ganhou a licitação com o valor: US$ 99,6 milhões), e deve começar as obras no próximo verão antártico, que será no mês de dezembro de 2015 e previsto para ser concluída em março de 2016.

Os estudos em relação aos impactos ambientais, foram feitos e autorizados para construção, pelo Ministério do Meio Ambiente, e consequentemente foram aprovados todos os projetos científicos que deve seguir e se orientar pelo Protocolo de Proteção Ambiental da Antártica, para a reconstrução da nova base brasileira.

Para atender o Protocolo,  a Secretaria da Comissão Interministerial para Recursos do Mar (SeCIRM), Ministério do Meio Ambiente e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). se reuniram para realizarem as exigências que reduzam o impacto ambiental.


Conheça um pouco:

Programa Antártico Brasileiro ( PROANTAR)

É um programa da Marinha do Brasil, que tem presença no continente da Antártica e coordena a pesquisa e dá apoio operacional para a pesquisa na região, e tem seu papel essencial nos sistemas naturais e globais.

O Brasil, nos últimos 30 anos, realiza pesquisas científicas em diversas áreas do conhecimento na Antártica, o que reforça sua condição de Membro Consultivo do Tratado da Antártica.

A Antártica, é considerada a maior reserva do planeta, possui 90% de gelo e 70% de água doce é o principal regulador térmico da Terra. Com recursos minerais e energéticos incalculáveis, a Antártica controla as circulações atmosféricas e oceânicas, influenciando o clima e as condições de vida no planeta.

Fonte:
http://www.defesa.gov.br
http://www.mar.mil.br
https://www.google.com.br

Itajaí uma cidade sustentável...

A cidade de Itajaí, no estado de Santa Catarina (Brasil), é uma bela cidade com 200 mil habitantes, com um povo hospitaleiro, e com agenda cultural diversificada, onde o turismo é bem expressivo.

Além de ser um paraíso devido suas lindas praias, que são rodeadas por montes vestidos de uma vegetação subtropical da Mata Atlântica, possui também um Complexo Portuário, sendo o segundo maior do país.

Agora a cidade de Itajaí (SC), está investindo em sustentabilidade, na energia renovável, nos seus espaços públicos, sendo que economia gerada dará condições melhores aos seus moradores e visitantes.

O projeto ambiental implantado, estão nas escolas públicas e em seu porto, e também está sendo expandido para as paradas de ônibus ecológicas, onde é utilizados materiais reciclados como: as garrafas Pet, resíduos de  materiais de informática, e até o uso de casca de arroz. As lâmpadas são de LED com sensor, sendo alimentadas por energia solar que garante uma autonomia de quatro dias sem sol.

A cidade agora está contando com uma Usina Solar Fotovoltaica, possuindo 224 painéis fotovoltaicos com 250 / watts cada um, que serão gerados 7 mil / kwh por mês, fornecendo um terço do consumo de energia, causando uma economia de R$ 4 mil / mês. Essa energia será usada no espaço de eventos públicos (Centreventos).

"Será o primeiro prédio público a ser abastecido com energia 'limpa'. Quando a usina produzir energia que não for consumida no Centreventos, irá para a rede da Celesc como carga suplementar, e retornará em desconto no consumo de energia no mês seguinte", explicou o secretário de obras, o Sr. Tarcízio Zanelato.

Há um projeto para o ano de 2016, que será instalado placas de energia solar no ponto mais alto da cidade, no Morro da Cruz, onde vai atender 100% da iluminação pública.


Parabéns a cidade de Itajaí em Santa Catarina, e esperamos que todas as cidades do Brasil sigam o seu exemplo. O planeta Terra agradece seu empenho.

Fonte:
http://www.itajai.sc.gov.br
http://ciclovivo.com.br
https://www.google.com.br

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Nasa vai divulgar instrumentos para a Missão Europa...

No dia 26 de maio de 2015, a Nasa irá divulgar a seleção de instrumentos científicos para a missão da lua Europa, como investigação se a lua gelada de Júpiter, tem condições apropriadas para receber vidas.

A Nasa recebeu 33 propostas de instrumentos científicos para voar a bordo da missão Europa, e dentro de um período de três anos, irá ter procedimentos repetidos de voos rasantes perto da pequena lua de Júpiter.

Os participantes da divulgação será:
- John Grunsfeld, administrador associado para Direção das Missões Científicas, sede da Nasa
- Jim Green, diretor da Divisão da Ciência Planetária, sede da Nasa
- Curte Niebur, cientista do Programa Europa, sede da Nasa


Esta divulgação será transmitido ao vivo pela Nasa Television e Nasa.gov, do estúdio de TV da Nasa na sede da agência em Washington (EUA).

Entrar em contato quem for da mídia e estiver interessado de participar pessoalmente, o mais tardar, até às 10:00 do dia 26/05/2015 (horário de Washington-EUA), no e-mail: laura.l.cantillo@nasa.gov

Para participar por telefone, a mídia deve entrar em contato com Steve Cole em 202-358-0918 ou stephen.e.cole@nasa.gov e fornecer qual a sua filiação da mídia,.

Mídia e o público também podem fazer perguntas via Twitter usando #askNASA.

Maiores informações: http://www.nasa.gov/nasatv

Fonte:
http://www.nasa.gov

Nebulosa da Medusa, um exemplo do futuro do nosso astro rei...

No telescópio VLT, do Observatório Europeu do SUL (ESO), no Chile, astrônomos captaram a imagem da Nebulosa da Medusa, com riqueza de detalhes, dentro do programa "Joias Cósmicas" do ESO.

A Nebulosa da Medusa tem esse nome vindo da mitologia grega que faz referência a criatura "Górgona Medusa" por seus filamentos entrelaçados em forma de serpentina de gás brilhante, o avermelhado do hidrogênio, e o verde do oxigênio. Essa velha Nebulosa, também é conhecida  como Abell 21.

Situada na constelação de Gêmeos, a Nebulosa da Medusa, está à uma distância da Terra em aproximadamente 1,5 mil anos-luz, possui um brilho suave que faz ser difícil sua observação, apesar da sua extensão ser cerca de quatro anos-luz.

Todas as Nebulosas tem seus núcleos estelares rodeados por nuvens coloridas de gás, mas nessa imagem, ao contrário da outras se percebe que  núcleo estelar da Nebulosa da Medusa, não é a estrela brilhante (batizada de TYC 776-1339-1) e que se vê ao centro da imagem, que está em primeiro plano na vista da Terra, e sim a estrela azulada e suave que se vê mais afastada do centro (lado direito da imagem) da grande estrutura em formato crescente.

Segundo os cientistas, o destino do Sol, será o mesmo que é visto nessa imagem, pois em aproximadamente 5 bilhões de anos, quando acabar o combustível nuclear do Sol, ele vai eliminar a sua esfera externa, e deixar para atrás somente resíduos escaldantes do seu centro, assim se transformará em uma estrela do tipo anã branca. Este é o processo que o objeto celeste é conhecido por Nebulosa.

Resumindo: O Sol, será apenas um pequeno núcleo rodeado de nuvens ionizadas e poeira cósmica.

Fonte:
https://www.google.com.br
http://oglobo.globo.com
http://www.inovacaotecnologica.com.br
http://info.abril.com.br
http://www.astronomiaqui.com

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Ferramentas descobertas com idade anterior ao próprio homem...

No Quênia, país ao leste da África, em uma área árida e montanhosa, foram encontrados ferramentas de pedras, caculados em 3.300 milhões anos de idade, e até a atualidade, estão sendo considerados os instrumentos mais primitivos já descobertos.

Antes era considerado como a primeira espécie humana, o Homo habilis, datado como 2.800 milhões de anos de idade, mas com essa descoberta no Quênia, indicam presença de hominídeos no nosso planeta anteriormente.

A principal autora do estudo, é a arqueóloga Sonia Harmand, da Stony Brook University, Nova York (EUA).

Esse estudo está publicado na íntegra na Science News Magazine.

Fonte:
https://www.google.com.br/maps
https://www.google.com.br (reprodução - imagens)

Observatório Mundial...

No dia 29 de maio de 2015, One World Observatory (Observatório Mundial), terá sua inauguração, após 14 anos, depois do dia 11 de setembro de 2001.

Instalado no One Word Trade Center, edifício principal, do novo complexo do Word Trade Center, o observatório ocupa os três últimos andares do edifício, que possui uma altura de 541.32 metros (1.776 pés), e também considerado o edifício mais alto do hemisfério ocidental, constando 102º andares.

Em um dia claro, é possível ter um visão de até 50 km de distância, podendo ver monumentos da cidade de Nova York (Empire States Building, a Estátua da Liberdade, e as pontes de Brooklyn e de Manhattan).

Quem pretende ir até o observatório, não se preocupe com a altura, pois o elevador é o mais rápido do mundo, ele faz um tempo de 42 segundos, desde o térreo até o último andar.

O preço do ingresso é a partir de US$ 26 para crianças, US$ 32 para adultos, e de US$ 30 para terceira idade.
E é aberto de segunda feira  a domingo.

Fonte:
http://www.cbsnews.com
https://oneworldobservatory.com
http://legends.net
http://translate.google.com.br/translate
http://onewtc.com

Um sorriso lunar...

Hoje 20 de maio de 2015, entre 18h e 20h, olhe para o céu  e observa que a Lua irá sorrir pra você.

Essa é uma combinação, da Lua perto de Vênus e outras duas estrelas, Pollux e Castor, gerando assim uma carinha com um sorriso.

Explicando melhor:
Pollux e Castor, fazem parte da constelação de Gêmeos, são os olhos brilhantes, já Vênus, representa o nariz, e a Lua está na fase crescente e representa a boca sorrindo. O fenômeno foi descrito pelo professor Marcos Calil, no site Climatempo.

Esse fenômeno poderá ser visto a olho nu, não precisará nem de binóculos e nem de telescópio, mesmo morando em cidades bem iluminadas, você conseguirá ver.

                                                              Ilustração
Fonte:
http://www.msn.com
http://new.d24am.com
https://www.google.com.br

Carro ecológico construído com sucatas por estudante ...

Um estudante de engenharia, o nigeriano Segun Oyeyiola, desenvolveu um carro ecológico construídos com sucatas, que é movido por energia eólica e solar.

Segun, gastou em torno de US$ 6 mil, e um ano para adaptar o que era dado a ele para a criação do seu projeto.

Depois de ter a noção da quantidade de gás carbônico gerado por carros convencionais, e quanto é prejudicial para o planeta, ele comenta que, este carro serve para mudar o mundo.

A energia solar e eólica, ambas são funcionais e uma serve para complementar a outra, sendo que o painel de energia solar fica no teto, e a turbina eólica, fica no capô.

A bateria dura o tempo de 4 a 5 horas pra ser outra vez carregada, esse é um problema que precisa ser melhorado na sua criação, diz o estudante de engenharia.

O carro ecológico também conta com um painel de controle, que possibilita observar se está tudo funcionando corretamente. Todos recursos são naturais.

Fonte:
http://www.chiadomagazine.com


terça-feira, 19 de maio de 2015

Concha...

É a composição de carbonato de cálcio ocluído em uma rede proteica expelida pelo molusco, que utiliza como um escudo protetor para o corpo mole do animal, ou seja, é um órgão duro, na maioria das vezes externo.

O sangue dos moluscos é rico em uma forma líquida de cálcio, que se concentra fora do fluxo sanguíneo e se cristaliza como carbonato de cálcio.

Quando os molusco nascem, formam-se em sua volta  uma "concha provisória", que recebe o nome de protoconcha.

Quando o molusco atingem a fase jovem, começa edificar a concha definitiva, trocando a primeira, nessa fase recebe o nome de manto, conforme ele cresce,o manto libera mais carbonato e proteínas, e sendo assim a concha aumenta de tamanho.

Tem as classes principais de moluscos que são: bivalves, que tem a formação com duas partes (valvas), as gastrópodes que tem sua carcaça em forma de um cone, as cefalópodes são os animais que não possuem conchas.

Existem cochas que podem ter o tamanho com menos de um milímetro de comprimento, e outras que chegam atá mais de um metro, que é o caso das Tridacnas, do Oceano Pacífico, que chegam a pesar até 250 quilos.

Na pré-história, há registros de utilização de conchas, em ferramentas, armas e enfeites. Nos dias atuais, também são utilizadas, um dos muitos exemplos, é a pia batismal em igrejas.

Em algumas religiões, a concha está presente na sua simbologia de virilidade e longevidade, em outras crenças, acredita-se que certos deuses viviam dentro de determinadas espécies de caramujos considerados sagrados. Na igreja católica, na passagem bíblica, aparece a concha no batismo de Jesus. Há muitos registros do uso das conchas em diversas religiões e crenças.

A pérola produzida na concha, nada mais é que a própria defesa da concha; exemplo: quando um grão de areia entra entre o mato e a concha em algumas espécias, é liberado a secreção de muitas camadas de madrepérola ou nácar, substância composta por pectatos de carbonato na forma de cristais aragonita, exercendo uma defesa do organismo, é esse mesmo processo que dá o brilho na superfície da concha e também da pérola.

Fonte:
http://pt.wikipedia.org
http://www.conchasbrasil.org.br
http://mundoestranho.abril.com.br
http://www.brasilescola.com

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Principais Luas do Sistema Solar...

Um satélite natural, lua ou corpo secundário, é um corpo celeste que orbita um planeta ou um corpo maior, ou seja, não orbita em torno de uma estrela. Exemplo a Lua é o satélite natural da Terra.

No ano de 2011 foram identificados 375 objetos orbitando no Sistema Solar, identificados como luas (satélites naturais), seriam 169 orbitando planetas e 206 orbitando planetas anões e corpos menores.

O aparecimento ou criação da lua, satélite natural, e ou corpo secundário, acontecem de três jeitos: processo catastrófico, processo de captura, e formação simultânea

- Processo catastrófico: Impacto entre corpos planetários.
- Processo de captura: Satélites menores que possuem suas órbitas irregulares. Quando há o desvio dos satélite da sua órbita de início, causadas pelo efeito de campos de gravitação dos planetas.
- Formação simultânea: Quando a lua é gerada no mesmo tempo de gênese que o planeta que irá orbitar. Essa fase de formação é denominada acreção.

A maioria das luas do Sistema Solar, são pequenas e não tem um formato definido, tendo comparação com asteroides; Júpiter tem mais de 60 dessas luas. Outras são bem grandes, se orbitassem o Sol, seriam considerados planetas.


Por ordem de tamanho, as maiores luas são: 1ª Ganímedes de Júpiter, 2ª Titãs de Saturno, 3ª Calisto e 4ª Lo de Júpiter, a 5ª Lua da Terra, 6ª Europa de Júpiter e 7ª Tritão de Netuno.

Fonte:
http://pt.wikipedia.org
http://www.infoescola.com
https://www.google.com.br

domingo, 17 de maio de 2015

Fotos do céu...

Duas fotos foram enviadas ao blog ZM. por E.C., em uma viagem à Europa, a visão é de dentro do avião.
As fotos ficaram muito bonitas, principalmente por serem acima das nuvens, vale a pena ver!




Se você tem uma foto interessante, bonita ou diferente, manda pra gente, e nós a publicaremos, desde que sejam fotos reais e tiradas por você mesmo. Ah, vídeos também são aceitos.

E-mail: postagenszm@gmail.com

Viver nas alturas de Vênus...

Uma equipe de pesquisadores do Centro de Pesquisas Langley, da Nasa (Agência Espacial Americana), está estudando a possibilidade de enviar seres humanos para morar em uma aeronave na alta atmosfera de Vênus.

Essa missão recebe o nome de High Altitude Conceito Vênus (HVOC), onde seria empregado o uso de um dirigível de 130 metros de comprimento com gás hélio ao seu redor, e movido a energia solar, e também uma pequena cápsula para o transporte dos seres humanos abaixo dela.

A superfície de Vênus seria um lugar desagradável para o ser humano, pois tem uma pressão 92 vezes maior que a Terra e a temperatura é de aproximadamente 500 graus Celsius (derrete até chumbo).

Na atmosfera superior de Vênus, em torno de 50 km a cima da sua superfície, tem a pressão e a gravidade igual a do nosso Planeta, possui uma proteção devida da radiação solar, somente 40%  a mais do que a média encontrada na Terra. E possui a vantagem de que Vênus está mais próximo da Terra.

Mas tudo isso é um grande desafio, pois o dirigível, teria que estar dobrado dentro de uma nave espacial, antes do desdobramento e inflar com o gás hélio.
Tem também a velocidade de até 7.200 metros por segundo, seria necessário uma blindagem ou escudo que protege contra o calor e a pressão, e um pára-quedas para detê-lo; para ter o dirigível inflado nessas condições, seria uma ação muito arriscada e difícil.

Depois de missões e pesquisas do casual plano, seria a formação de uma colonização definitiva em dirigível na atmosfera de Vênus.

Fonte:
http://www.mirror.co.uk
https://www.google.com.br

sábado, 16 de maio de 2015

Destroços de foguete russo caí na Sibéria...

O foguete russo Proto-M, após o seu lançamento, no dia de hoje (16/05/2015), às 0h47 horário do México (centro) e 02h47 horário de Brasília, no Cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, teve uma falha e se desintegrou e destroços caíram na Sibéria, neste sábado.  O foguete russo, transportava um satélite mexicano, o MexSat-1.

Segundo a Agência Espacial Federal Russa, no seu site, relatou que  houve um problema detectado, como mal funcionamento no seu terceiro motor de reforço, depois de 497 segundo de voo, à uma altitude de 161 km, e perderam a comunicação.


Em comunicado a Roscosmos disse: "Ao lançar o foguete Proton-M com o satélite Mexsat-1, houve uma situação de emergência. Eles estão identificando as razões".

No site da Agência Espacial Federal Russa, eles informam: "O satélite e o seu lançamento está assegurado pelo cliente. Responsabilidade civil perante a terceiros é segurado pelo lado russo".
E também relatam, "Interagency Comissão emergência irá considerar as causas de situações anormais e tomar as decisões adequadas".


O Protom-M tem um histórico de falhas, que já causaram a perda de três satélites de navegação no ano passado.

Este é o segundo erro do programa espacial russo neste ano, no início de maio de 2015, a nave cargueira Progress M-27M, teve problema ao ser colocada em órbita e acabou caindo na Terra, no oceano Pacífico.

Fonte:
http://oglobo.globo.com
http://www.federalspace.ru
http://g1.globo.com
https://translate.google.com.br
https://www.youtube.com

Derretimento na Antártida (vídeo)...

Ontem fiz uma matéria sobre o estudo da Nasa a respeito do derretimento rápido da plataforma Larsen B, que deixará de existir em menos de uma década.

Esse vídeo feito pelo blog ZM., de imagens do estudo realizado pela Nasa, nos dá uma ideia preocupante. Assista, é bom estar por dentro dessa realidade tão infeliz.


                                            
Fonte:
https://www.youtube.com

sexta-feira, 15 de maio de 2015

Derretimento na Antártida...

Um novo estudo da Nasa mostra o derretimento da plataforma de gelo Larsen B, que desmoronou em 2002, e agora está enfraquecendo rapidamente, e provavelmente até antes do final da década irá dissolver completamente.


Uma equipe liderada pelo cientista Ala Khazendar, do Laboratório de Propulsão a Jato da Nasa (JPL), em Pasadena, na Califórnia (EUA), deparou com o que sobrou da plataforma de gelo Larsen B, e viu que está acontecendo muito rápido o desgelo, e cada vez mais fragmentados e rachaduras estão progredindo cada vez mais e ficando maiores. Duas geleiras tributárias também estão desgelando mais rápido e dissolvendo rapidamente.

" O que é mesmo surpreendente sobre Larsen B, é a rapidez que as mudanças estão ocorrendo", disse Ala Khazendar, "As mudanças tem sido implacáveis".

*Para maiores informações e detalhes, o documento está disponível online no link:  http://go.nasa.gov/1bbpfsC

Fonte:
http://www.nasa.gov
https://translate.google.com.br
https://www.google.com.br

Descoberto objetos de naufrágio em procura por avião da Malaysia Airlines...

Uma equipe que procurava o avião do voo MH370, da Malaysia Airlines que sumiu o ano passado com 227 passageiros e 12 tripulantes a bordo, quando fazia a rota de Kuala Lumpur, capital da Malásia, e Pequim, na China.

Infelizmente ainda não há nenhum esclarecimento para o desaparecimento.

As equipes de busca pelo avião, liderada por Peter Foley, concentrou a busca em uma extensão de 60 km², na costa ocidental da Austrália, onde supõe que o avião tenha caído.

O sonar usado pelas equipes detectou objetos em uma profundidade de aproximadamente 4 km, mas não era da aeronave desaparecida, e sim de um naufrágio, no sul do oceano Índico, e enviaram uma câmera submarina para avaliar.

Comentou Peter Foley, "Ter encontrado a embarcação foi Fascinante..., mas não é o que estamos procurando".

O naufrágio era de um navio de carga do século XIX (19), relatou Michael McCarth, arqueólogo do Museu Marítimo do Leste Australiano.

O arqueólogo, disse a agência de notícias americana Associated Press (AP), "Sabemos de várias histórias de navios que afundaram no oceano Índico; mas só dá para saber ao certo se você tiver uma lista completa dos navios que sumiram".

As autoridades já haviam antecipado se por acaso não fosse encontrado nenhum vestígio do avião desaparecido, seria reduplicado o tamanho da extensão de busca.

"Obviamente, ficamos desapontados", comentou o líder das equipes, Peter Foley, e continuou: "Mas isso demonstrou que nossos sistemas, pessoal e equipamentos estão funcionando bem. Se houver destroços nesta área de busca, os encontraremos".

Fonte:
http://www.bbc.co.uk
http://noticias.uol.com.br
http://pt.wikipedia.org
https://www.google.com.br

quinta-feira, 14 de maio de 2015

2016 mais um novo satélite brasileiro...

Com previsão de estar concluído em 2016, o Brasil contará com o satélite SGDC-1 (Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações Estratégicas), voltado para a comunicação da defesa  e uso exclusivamente militar.

O satélite SGDC, é o primeiro a ser controlado 100%  por instituições governamentais brasileiras, sendo que até o momento, os satélites que auxiliam na comunicação do país, são estações de fora.

"Esse é um momento histórico, em que o Brasil irá comandar seu satélite e usá-lo de forma estratégica", falou o chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA), general José Carlos De Nardi, durante a assinatura do contrato, entre o Ministério da Defesa e a Telebrás.

O satélite está sendo construído pela Thales Alenia Space (Empreendimento do setor aerespacial - França).

A posição orbital  do satélite, será 75° graus de longitude oeste, e será operado pela Telebrás, o satélite será assentado na plataforma Spacebus-4000, e sua probabilidade de vida útil é de 15 anos.

É esperado que em 2016 seja o lançamento do satélite ao espaço através de um veículo Ariane 5 ECA, da empresa francesa Arianespace, e o local de lançamento será na Guiana Francesa, no Centro Espacial de Kourou, e a massa  total de lançamento é de 5.800 kg.

O investimento da área de Defesa no projeto será de R$ 489 milhões, o que equivale a 22% do custo total do satélite.

Fonte:
http://www.brasil.gov.br
https://www.google.com.br
http://pt.wikipedia.org

Hoje vai passar um asteroide bem longe da Terra...

O nome do asteroide é 1999 FN53, hoje 14 de maio de 2015, sua maior aproximação da Terra será 10 milhões/km (6,3 milhões de milhas), sendo mais específico, ele passará à uma distância que seria 26 vezes, a distância da Terra em relação a Lua.

Outra passagem do asteroide 1999 FN53, acontecerá 119 anos a partir de agora, e assim mesmo, não passará mais próximo do que o dia de hoje, e não representa nenhum perigo para o nosso planeta.

O gerente do Programa de Objetos Próximos da Terra, do escritório da Nasa, no Jet Propulsion Laboratory, em Pasadena, na Califórina (EUA), disse: "Nós podemos calcular o movimento desse asteroide para os próximos 3.000 anos e nunca será uma ameça à Terra...".

O Programa de Objetos Próximos da Terra, sempre localiza e qualifica, asteroides e cometas, em telescópios que estão na Terra e também os que estão no espaço. Conhecido também como "Spaceguard" (guarda espacial), detecta, caracteriza, identifica, e determina, se algum objeto pode ser prejudicial à Terra.
Fonte:
http://www.nasa.gov
https://translate.google.com.br
https://www.google.com.br

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Azul é a cor do pôr do Sol em Marte...

O robô Curiosity Rover, da Nasa (Agência Espacial Americana),  usou sua Mast câmera (Mastcam) para gravar o pôr do Sol, durante uma noite de observações em 15 de abril de 2015. O robô está em solo marciano desde 2012, e a sua localização é dentro da Cratera Gale.

As imagens foram feitas entre tempestades de poeira, mas um pouco de pó permaneceu suspenso no alto da atmosfera.

"As cores vem do fato que pó muito fino é do tamanho certo para que a luz azul penetre na atmosfera um pouco mais eficiente", disse Mark Lemmon, membro da equipe científica do Curiosity.


* As imagens capturadas pela Mastcam, obtém as cores semelhantes ao olho humano. É uma sequência de quatro imagens, que foram gravadas em 6 minutos e 51 segundos, e registra o Sol se pondo atrás das montanhas.


Fonte:
http://www.nasa.gov
https://www.google.com.br

Astronauta e sua higiene pessoal...

A astronauta Samantha Cristoferetti, em um vídeo explica como os astronautas fazem sua higiene pessoal e também como fazem parar usar o banheiro para suas necessidades fisiológicas, na Estação Espacial Internacional.


Assista o vídeo, e mate a sua curiosidade...

Fonte:
https://www.youtube.com

terça-feira, 12 de maio de 2015

Mais de 20 baleias mortas na Costa Sul do Chile...

No Golfo de Penas, nas Costa Sul do Chile, um grupo de cientistas que trabalhavam no local, encontraram as baleias com aproximadamente 10 metros de comprimento, mortas. O total de animais mortos, ainda é desconhecido.

Segundo o Serviço Nacional de Pesca do país, as baleias não mostravam nenhum ferimento, o que aponta que podem ser vítimas de algum tipo de vírus.

Essa espécie de baleias são conhecidas como baleias-sei e podem crescer até 16 metros de comprimentos e pesar até 30 toneladas, na atualidade elas estão sobre Proteção Internacional, depois de serem caçadas intensamente na metade do século XX.

Fonte:
https://br.noticias.yahoo.com
http://tnh1.ne10.uol.com.br
https://www.google.com.br/maps
https://www.google.com.br

Acredito que as autoridades devem investigar bem esse caso, pois essa notícia é do dia 08 de maio de 2015, e o que não pode ser esquecido, é que a nave cargueira russa, a Progress M-27M, caiu no dia 07 de maio de 2015.
Então precisa saber se houve danos causados no ecossistema do local e qual prejuízo deve ter causado para o meio ambiente.

Problemas cognitivos pode ser gerado na viagem a Marte...

Um estudo da Universidade da Califórnia (EUA), faz parte de um programa da Nasa (Agência Espacial Americana) que procura entender os efeitos da radiação espacial em astronautas e possíveis maneiras atenua-los.

Raios cósmicos são formados por partículas de alta energia oriunda no espaço e que viajam quase na velocidade da luz.

Cientistas acreditam que durante uma viagem a Marte, que duraria aproximadamente 9 meses, pela a distância desse planeta em relação à Terra é de 226 milhões/km, poderia causar os danos cerebrais irreparáveis.

Os defeitos cognitivos em astronautas demorariam meses para se manifestar, mas como o tempo da viagem é longo, seria suficientes para manifestar. disse o cientista Charles Limoli, e acrescentou, que embora os astronautas trabalhando na Estação Espacial Internacional por longos períodos também sejam atingidos por raios cósmicos, a intensidade do bombardeio é menor, e eles contam com um pouco de proteção da magnetosfera terrestre.

"Isso não é uma boa notícia para os astronautas que poderão ser escolhidos para uma missão a Marte. Déficits de memória e a diminuição de atividades cerebrais, por exemplo, poderão afetar partes críticas da missão. E a exposição às partículas poderá provocar problemas cognitivos para o resto da vida". afirmou o cientista Charles Limoli, coordenador do estudo.

Tipos semelhantes de disfunção cognitivas são comuns em pacientes com câncer de cérebro que receberam tratamentos à base de radiação de prótons.

O cientista Limoli aconselha que a cápsula que levará os astronautas a Marte, tenha um escudo de proteção reforçado contra a radiação, principalmente nas áreas de descanso e de repouso. Entretanto, não existe proteção total contra as partículas.

Outra alternativa, seria o tratamento preventivo para os astronautas, incluindo o uso de novas drogas, "Mas as pesquisas estão ainda em desenvolvimento", relata o cientista coordenador do estudo, Charles Limoli.

Fonte:
https://br.noticias.yahoo.com
http://www.bbc.co.uk
https://www.google.com.br

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Pedra com parafuso de 300 milhões de anos...

Uma descoberta em 2002, em Lanzhou, na China, intriga os cientista, pois se trata de uma pedra de cor preta em forma de pera, com aproximadamente 6 x 8 cm, e pesa cerca de 466 gramas, no seu interior há um metal com formato de cone, com aproximadamente 6 cm e possui roscas claras, que lembra um "parafuso".

Conforme os relatos das Agências de Notícias Chinesas,  esse objeto pode ser uma evidências de civilizações pré-históricas, a cerca de 300 milhões de anos.

Pesquisadores, geólogos, e físicos, do Bureau Nacional de Recursos Terrestres, da província de Gansu, Academia Chinesa de Ciências Geológicas do Instituto Mineralogia e Recursos Minerais, Lanzhou Branch, e a Escola de Recursos e Meio Ambiente de Lanzhou College, não tem certeza da origem do objeto e indicam que todas as teorias são possíveis, pois todos os testes falharam em demostrar a composição da enigmática pedra preta.

Segundo o jornal Lanzhou Morning News,  "de acordo com os cientistas, e por unanimidade, a pedra é marcada como uma das mais valiosas na China e no mundo das descobertas, pesquisas e estudos arqueológicos".

Várias teorias foram ditas que tentaram explicar a origem dessa pedra e o metal que nela está agregado.
A maioria dos pesquisadores acreditam com firmeza, que este objeto pode ser o resto de uma civilização pré-histórica, já outros pesquisadores sugerem que poderia ser de outro planeta, devido a composição misteriosa de certos elementos da pedra, inclusive o "parafuso".

O parafuso de Lanzhou da China, é acreditado de ser semelhante ao encontrado na Rússia ena década de 90.

Fonte:
https://www.google.com.br
http://www.ancient-code.com
https://www.google.com.br/maps

Leve uma tempestade para casa... (curiosidade)

O designer de interiores Richard Clarkson, é criador do projeto chamado "Cloud", se trata de um lustre que simula tempestade.

Ele foi feito para pendurar no teto, e vai simular com ambiente de tempestade com raios e trovões. "Cloud", tem sua aparência com característica de uma nuvem, e possui alta tecnologia.

Quando o seu controle remoto for acionado, emitirá  flashes de raios, iluminando o ambiente, como se fosse raios iluminando o céu em um dia de tempestade, e do alto falante interno sairá sons de trovões bem fortes, sendo assim você terá em sua casa uma tempestade particular, e só sua.

Fonte:
http://www.casafa.net

Você sabe o que é Eutrofização?...

Está ligada diretamente com a poluição da água, e é um fenômeno gerado pelo excesso de nutrientes (compostos químicos, rico em fósforo e nitrogênio) em uma massa de água, ou seja, é a perda de qualidade que passam os rios, lagos, baías e  tantos outros reservatórios naturais.

Há dois tipos de eutrofização:  a cultural (feita pelo homem) e a natural.

Cultural:
A massa de água se modifica pelo excesso abundante de nutrientes, que leva ao crescimento exagerado de algas (micro-organismos) e fazendo a turvação da água, e assim vai formando uma densa camada que impede a penetração da luz, diminuindo a fotossíntese nas camadas inferiores, que por sua vez diminui a quantidade de oxigênio. Esse processo faz com que diminui as propriedades da água, e a vegetação aquática submersa desaparece e os peixes e moluscos morrem por falta de oxigênio. E há também a proliferação de bactérias aeróbicas, que produzem tóxicos com mau cheiro.

Fatores impactantes para esse ecossistema: dejetos domésticos, esgoto, fertilizantes agrícolas, resíduos industriais que são despejados diretamente nos percursos hídricos.

Natural:
Geralmente é muito raro, quando acontece, é devido as variações de condições ambientais, como por exemplo, o transporte de sedimentos.

Métodos usados no combate da eutrofização;
- Tratamentos químicos
- Dragagem dos sedimentos
- Arejamento artificial
- Remoção das plantas

*Pode ser chamado por Eutrofização ou Eutroficação, e o termo vem do grego.

                                                              Ilustração
Fonte:
http://pt.wikipedia.org
https://br.yahoo.com
https://ambientesaudavelbiologia.wordpress.com
https://www.google.com.br