quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Isaac Newton...

Nasceu em Londres (Woolsthorpe by Colsterworth) em 04 de janeiro de 1643 e morreu em 31 de março de 1727.
Foi um cientista Inglês, mais reconhecido como físico e matemático, embora tenha sido também astrônomo, alquimista. filósofo natural e teólogo.

De personalidade sóbria, fechada e solitária, para ele, a função da ciência era descobrir leis universais e anunciá-las de forma precisa e racional.

Sua obra Philosophiae Naturalis Principia Mathematica, é considerada uma das mais influentes na história da ciência. Publicada em 1687, esta obra descreve a lei da gravitação universal e as três leis de Newton, que fundamentaram a mecânica clássica.

1ª Lei de Newton - Inércia:
"Todo corpo permanece em seu estado de repouso, ou de movimento uniforme em linha reta, a menos que seja obrigado a mudar seu estado por forças impressas nele"

2ª Lei de Newton - Princípio Fundamental da Dinâmica:
"A mudança do movimento é proporcional à força motriz impressa e se faz segundo a linha reta pela qual se imprime à força"

3ª Lei de Newton - Princípio da Ação e  Reação:
"A uma ação sempre se opõe uma reação igual, ou seja, as ações de dois corpos um sobre o outro são sempre iguais e se dirigem a partes contrárias"

Ao demonstrar a consciência que havia entre o sistema por si idealizado e as leis de Kepler do movimento dos planetas, foi o primeiro a demostrar que os movimentos de objetos, tanto na Terra com em outros corpos celestes, são governados pelo mesmo conjunto de leis naturais.

O poder unificador e profético era centrado na revolução científica, no avanço do heliocentrismo (O Sol é o centro do sistema solar) e na difundida noção de que a investigação racional pode revelar o funcionamento mais intrínseco da natureza.

Em uma pesquisa promovida pela Royal Society, Newton foi considerado o cientista que causou maior um impacto na história da ciência.

"Nenhuma grande descoberta foi feita jamais sem um palpite ousado". (Isaac Newton)

Fonte:
http://www.suapesquisa.com
http://pt.wikipedia.org
http://www.r7.com
https://www.google.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário